#PADD051: Bebidas alcoólicas e a Bíblia

Postado por em maio 15, 2015 em Podcast | 21 Comentários

PADD051: Bebidas alcoólicas e a Bíblia

Tá no ar! No episódio 51 do podcast Pelo Amor de Deus, EddieTheDrummerRafael BottegaAndressa Rosa (Coluna Entre Nós) e Leonardo Moro (Coluna Cacos de Estrelas) falam sobre a relação das bebidas alcoólicas e a Bíblia.

Deixe seu feedback nos comentários. É muito importante para nós!

Dê o play!

Reproduzir

Para ouvir, clique no player acima ou clique em Download para baixar (caso não inicie o download, clique com o botão direito e clique em “Salvar link como”). Você também pode escutar em uma janela 😉


Neste episódio:

Saiba o que é bebida alcoólica.
Conheça casos onde a bebida alcoólica está presente na Bíblia.
Descubra (ou não) se o Cristão pode consumir bebidas alcoólicas.


Links comentados:

#PADD021: Noé e os sete
Texto – Usos e costumes: o Cristão pode beber?
#PADD048: A última ceia


Área de Feedbacks

1º Encontro PADD

Clique no banner para mais informações!
Inscrições para o 1º Encontro PADD -> bit.ly/InscricaoEventoPADD

PADD Indica!

OsCabraCast 24 – Reflexões sobre o podcast Cristão


Assine o Feed do nosso podcast!

RSS Podcast Pelo Amor de Deus (http://www.peloamordedeus.org.br/feed/podcast/)
Assine no iTunes (http://www.peloamordedeus.org.br/itunes/)
Estamos também no YouTuner, Podflix e Podfy


Acompanhe nas rede sociais!

Facebook – https://facebook.com/OficialPADD
Twitter – Siga @_padd


  • Explanando mais a destilação e a fermentação:
    A definição mais básica de “bebida destilada” é uma bebida mais pura. Por exemplo: se vc aquece uma solução hidroalcoólica (Água/Álcool) vc simplesmente separa o álcool (que evapora por ter o ponto de ebulição menor que a água 78ºC +-) da água (que tem o ponto de ebulição maior que o álcool 100ºC+-) mantendo assim a água mais pura. A diferença é que a fermentação ocorre antes da destilação, destilação é como se vc purificasse ainda mais o álcool, exemplo: vc passa a paneira em um certo tipo de farinha, depois com uma peneira com buracos menores você passa aquilo que sobrou novamente. Entrando mais no quesito “teológico da parada”, existem vários tipos de álcool: ETanol, METanol, PROPanol.. tem o Álcool etílico, isopropílico, em suma mudam apenas algumas coisinhas em suas cadeias, o que temos que parar pra pensar é que álcool é álcool [função] e que em contato com o organismo causa desde lapsos de memória, fala arrastada, visão dupla a humor estranho e em algumas situações como essas, nossa entrada nos céu pode ser barrada. Logo eu acho melhor evitar…1CO 6:12 e 1Ts 5:22

    Espero ter ajudado 🙂

    Abrçs!

    • Fandáástiigooo esse feedback! Muito obrigado Gabriel. Ajudou e adicionou bastante 😉

      Abraço

      • Eu bolei uma teoria em House of Cards por causa do Álcool etílico, tu já assistiu HOC?

        • Tu na 2ª temporada 😉 Muito bom!

          • Vou relatar uma epifania que eu tive…
            Não sei se você notou, mas Doug é meio cegueta… antes de ler algum documento ele pega o óculos, tira… põe… tira… põe… e a coisa se intensifica, fica muito mais claro a cegueira dele na terceira temporada. Provado que ele é meio cego, fiquei pensando… o álcool etílico sempre foi usado por alcoólatras para substituir a bebida em situações desesperadoras… além de ser mais barato também. O álcool etílico causa cegueira ao ingerir e bem sabemos que Doug frequenta as reuniões do AA. talvez eu fui longe de mais ao pensar nisso, mas isso dá umas ideias do quão louco por álcool Doug era.

          • hehehe
            Sei lá, mas eu comecei a perder visão quando parei de beber toda a semana, bebendo algo umas 4 a 5 vezes por ano. hahahahahaha
            Mas será que eles foram tão longe assim no roteiro? Se foram, a séria fica cada vez melhor 😛

          • Eu acredito que sim mano, pois na terceira…. fica “esdruxulo” e incrivelmente estampado a cegueira dele…

  • Excelente episódio. Fiquei curioso quando descobri o tema e vocês abordaram muito bem todos os principais aspectos. Não tenho o que acrescentar.

  • Fala Galera! Realmente não encontramos na bíblia uma proibição explícita, tirando o caso do nazireado, com relação a bebida, mas eu tenho alguns pensamentos a respeito de quem bebe. Tenho uma imagem mental de que todo bêbado é um covarde que não tem coragem de fazer sóbrio o que faz sob o efeito do álcool e a bíblia diz que os covardes não entrarão no reino de Deus.

    Quanto a beber socialmente, não vejo problema mas creio que cada um deve conhecer seus limites. Eu, por exemplo: não bebo porque já fui alcoólatra. Sei que para mim, uma dose é muito e mil doses são poucas, então não posso brincar com o perigo.

    No tocante a pensar no próximo, entendo que as pessoas tendem a raciocinar que não devemos fazer as coisas baseados no que os outros vão pensar, no entanto, eu vejo, a luz da Bíblia, que a questão não é esta e sim que: como cristão devemos agir pensando no impacto que vamos causar naqueles que nos cercam e buscam em nós o Deus que nós anunciamos. Grande abraço!

    Luis Vulcanis
    http://www.esconderijounderground.com

    • Muito obrigado pelo teu feedback Luis! Interessante a posição sobre o impacto que causamos no próximo 🙂
      Abraço

      • Jairo Arruda

        Uau. Concordo muito com a sua posição @luisvulcanis:disqus.
        Já percebi várias pessoas que quando bebiam usaram a desculpa que se transformam e até mesmo outras que ficaram muito diferentes, então surgia a dúvida na minha mente: “Essa pessoa que está super feliz agora? Isso é só através da bebida que ela consegue isso? O que está acontecendo com ela que não consegue ser assim na vida real? Ou até mesmo, a pessoa está enganando quem na história?”

        Não discordo que você irá ter alguns efeitos, mais alegre e outras mudanças mas tenho muito medo da hipocrisia da desculpa a pessoa esconde algo e isso só é o motivo para revelar algo que ela não faria sã. (Falo isso por que já experimentei os dois lados – forcei uma mudança dizendo para os outros que não tinha controle enquanto eu sabia tudo que estava realizando).

        Todas as vezes que vi pessoas se transformarem pelo uso de bebidas eu já penso que é o caso de se deixar dominar e isso a bíblia condena, também já conversei com várias pessoas quando vejo isso, pois além de a atitude talvez ter ultrapassado o limite eu não consigo ver seu exemplo e acaba influenciando na minha vida.

        Abraço!

  • Uma ótima conclusão, bem equilibrada, confesso que deu uma desanimada vendo o titulo, mas foi muito boa mesmo a discussão. Sem aquele papo de pode-não-pode, tratando o ouvinte com inteligência de analisar sua situação.

    Abçs

    • Obrigado pelo feedback Nito, e por ter dado uma chance pra esse episódio heeheh Confesso que eu tinha pensado em outro título, mas esse ficou “mais” de acordo com a discussão.
      Abraço

  • Marlon Vieira

    Um dia depois da gravação, a Andressa me soltou uns spoilers pois tivemos um aula justamente sobre o assunto.

    Nunca tive problemas assim como o Edu, mas como a Andressa citou, as vezes em meio as pessoas é única chance que temos de testemunhar Cristo em nossas vidas.

    Ficou sensacional, uma conversa boa de ouvir

    • Obrigado pelo feedback Marlon. Não sei tu, mas eu odeio spoiler ahahaha

      Abraço

  • Eliz Rejane

    A grande pergunta é? É necessário beber álcool pra ser feliz? Ou podemos simplesmente manter nosso corpo limpo para o espírito santo de Deus, já que o próprio Deus disse que somos o templo do espírito santo.

    • Exatamente. Não é uma “necessidade”. Por outro lado, não uso o “templo do Espírito Santo” como argumento. Tem outros melhores. 🙂

      Obrigado pelo feedback.
      Abraço

    • Pra ser feliz não é preciso beber álcool, nem Red Bull, nem Coca Cola, nem café, nem qualquer coisa que faça (ou não) mal à saúde. Também não precisa comer chocolate, nem pizza, nem bacon, nem batata frita, nem qualquer coisa que faça (ou não) mal à saúde. Sendo que a maioria dessas coisas, que não são assim tão saudáveis, a gente consome e acaba fazendo algum tipo de mal ao nosso corpo. Nem por isso é pecado.

      Todas as coisas me são lícitas mas nem todas ME convém. Todas as coisas me são lícitas mas não me deixarei ser dominado por elas.