Você tem se preparado para a volta de Cristo?

Postado por em jan 29, 2014 em Blog | Sem Comentários

Você tem se preparado para a volta de Cristo

“Você está voltando para casa, dirigindo seu automóvel. Seus pensamentos vagueiam entre o jogo na tevê e o culto da igreja, quando repentinamente um som diferente enche o ar. Você nunca viu coisa igual. O som vem do céu. Som de trombeta? Coral? Uma orquesta de trombetas e coral? Você não consegue discernir e se enche de curiosidade. Você para no acostamento ou no meio fio, sai do carro e olha para cima. Tem mais gente parando, e a rodovia mais parece uma grande área de estacionamento. Todo mundo sai do carro e olha para cima. As pessoas correm para fora das lojas, os mercados ficam vazios, os garotos que jogam bola no campinho ao lado da estrada, param para ver o que esta acontecendo. Os olhos de todos fitam os céus.

E as pessoas começam a ver algo inusitado, jamais visto antes!

Os céus abrem-se como grandes cortinas despejando uma brilhante luz sobre a terra, afugentando as trevas. Todo céu se ilumina. Um rio de luzes coloridas surge de um ponto no céu e desce sobre todos em forma de cascata, mas parecendo milhões de partículas de cristais, cujas cores e matizes ofuscam os olhos de todos. Milhões de anjos aparecem cavalgando na esteira do colorido e brilhante rio. Eles surgem por trás das cortinas; são miríades e miríades, até que cada milimetro do céu fica cheio deles. Do norte, sul, leste e oeste surgem voando em asas prateadas que sobem e descem na mais perfeita harmonia, jamais vista pelo olho humano e, juntando-se ao som das trombetas formam um grande cenário de beleza e majestade. Ouvem-se querubins e serafins entoando, ‘Santo, Santo, Santo’.

O flanco final de anjos é seguido por vinte e quatro anciãos de barbas longas, cabelos brancos e uma multidão de almas que se unem aos anjos em adoração. Em seguida, todo movimento cessa, as trombetas param de ressoar e ouve-se uma harmonia de vozes cantando repetidamente, ‘Santo, Santo, Santo’. Entre cada palavra uma pausa. Uma profunda reverência permeia cada proclamação. É como se cada palavra fosse proclamada separadamente, mas em profunda e rara harmonia com a seguinte. Você se dá conta que começa a cantar com eles sem qualquer esforço. Repentinamente todo o céu silencia. Não se ouve voz nem som algum. Os anjos observam. Você olha. Todos param de olhar – e aí vem ele. Jesus. Através das ondas de luz você discerne a silhueta de Cristo, o Rei. Montado sobra um belíssimo corcel que parece flutuar muito acima dos tufos encapelados de nuvens, Ele vem. Seus lábios se abrem e todos prostram-se ante Sua declaração: ‘Eu sou o Alfa e o Ômega’.

Anjos o reverenciam, curvando-se. Os anciãos tiram a coroa de suas cabeças. Você é quase consumido pela cena que está diante de seus olhos. Instintivamente você sabe o que fazer. Nada tem mais sentido. Esqueça a bolsa de valores, o relatório financeiro da empresa, as reuniões de negócio e o culto da noite. Nada mais tem sentido. Cristo voltou…”

Texto extraído do livro Quando Cristo Voltar, de Max Lucado

Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim. Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu lhes teria dito. Vou preparar-lhes lugar. E se eu for e lhes preparar lugar, voltarei e os levarei para mim, para que vocês estejam onde eu estiver.” – João 14:1-3 (NVI)

 João era conhecido entre todos por ser “o discípulo a quem Jesus amava”. Ele era um cristão digno de ser amado por Cristo, onde seguia seus passos e seus princípios, levando o amor de Jesus aos quatro cantos do mundo. Por isso, hoje, o evangelho de João é reconhecido por ser um livro que mostra e demonstra todos os passos de Jesus e seu ministério, como o verdadeiro amor, principalmente para os que são recém convertidos.

Quando Jesus fala para seus discípulos “creiam”, Ele está referindo-se ao antídoto para um coração não perturbado, pois Ele queria que seus discípulos buscassem crer e confiar nEle, assim entenderiam quando Ele falasse “voltarei e os levarei para mim”, no qual esta referência nos mostra primordialmente que Cristo voltará.

Jesus, em João, promete aos seus discípulos que voltará e levará com Ele todos aqueles que creram nEle como Senhor e Salvador; Filho de Deus Pai; que se fez homem e veio a terra para que todo ser pecaminoso pudesse ter uma segunda chance de reconciliação com Deus, assim crendo e vivendo uma vida digna e plena de Sabedoria daquEle que nos criou e que nos ama incondicionalmente, no qual tem criado um lugar nos céus para todos aqueles que o aceitaram.

Vemos que Deus, ao longo do Antigo e Novo Testamento, fez muitas promessas para seu povo. Todas elas foram cumpridas.

A segunda vinda de Cristo, também é uma promessa feita aos Filhos de Deus, que ainda não se concretizou, mas em breve estaremos vendo Jesus voltando, com seus anjos tocando trombetas, cercando-o e louvando- o, para que assim sua profecia se realize.

Mas será que você/nós, estamos preparados e principalmente vivendo a segunda vinda de Cristo? Você tem parado pra analisar o quanto se dedica para que isso aconteça?

Em Atos 1:8 – “Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra” (NVI) – o autor descreve que todo aquele que aceita e crê em Jesus recebe o Espírito Santo, assim também percebemos que no momento que aceitamos a Cristo recebemos a missão de falar dEle em todos os cantos do mundo. Será que temos feito isso? Estamos realmente vivendo o cristianismo a nós designados? Ou estamos buscando ter a salvação, querer e viver uma vida com Deus nos céus, mas ao mesmo tempo buscamos satisfazer nossos desejos neste mundo?

Precisamos entender verdadeiramente que Jesus Cristo IRÁ VOLTAR. Não podemos ficar nos iludindo e adiando esta tão esperada volta. Mas para isso precisamos ter uma vida digna de Cristo, uma vida que nos aproxime e nos dê intimidade com o Pai. Não podemos ficar em cima do muro, ou escolher ter duas faces, temos que viver como se Cristo fosse voltar hoje. Não podemos ser descontentes e egoístas, vivendo em negação, onde sempre estamos maquinando que Jesus pode esperar até eu casar, construir uma família, ou até terminar minha faculdade, ter um bom emprego, ganhar dinheiro, ter uma bela casa; pois muitas vezes me pego pensando e imaginando como o nosso Pai fica ao saber que não estamos esperando a sua volta, não estamos vivendo uma vida harmoniosa e alegra à espera da Sua vinda. Aliás, Ele não quer que vivamos desamparados e desconfortáveis com isso, pois Ele quer voltar para reencontrar sua família. É como um pai que sai pela manhã de casa para ir trabalhar, deixando sua esposa e sua filha em casa, mas anceia a sua volta, pois sabe que ao chegar ao entardecer, lá estará sua família para recepcioná-lo com a maior alegria e tamanho amor.

Alguns anos atrás tive o prazer de conhecer a Missão CENA em São Paulo, onde o lema deste ministério é evangelizar os moradores de rua na Cracolândia, atingindo o objetivo de ajudá-los a ter uma nova vida, assim levando-os para um fazenda de reabilitação e mostrando a diferença que Cristo faz na vida deles. Muitos, infelizmente, acabam voltando a sua velha vida, mas em outros percebemos nitidamente o trabalho e o poder de Jesus, pois deixam seus vícios e desejos pecaminosos para viver uma vida digna a Cristo.

Lembro-me de quando estava lá ter ouvido que o mais importante para todos missionários que faziam a obra de Deus naquele lugar era que ao mesmo tempo que muitos ouviam e desistiam de Cristo, não os desmotivavam a continuar pregando o evangelho, pois mesmo assim eles sabiam que só o falar de Jesus para aquelas pessoas já era o ministério que Cristo queria que eles realizassem, para que assim a promessa que Cristo fez da sua volta se concretizasse.

Você deve servir a Deus de todo seu coração, entregar sua vida a Ele. Deus espera que façamos nosso melhor. Servir a Deus não é fácil, mas é glorioso. Por isso viva como se Ele estivesse voltando.

Pense, analise, reflita, será que você tem vivido a volta de Jesus Cristo? Quando Cristo voltar, como lemos lá no início do texto, qual será sua primeira reação? Será que se alegrará por ter cumprido aquilo que Ele te deixou como missão? Ou será que ficará entristecido e com um pesar na consciência por não ter feito o ordenado? Se você ainda não está vivendo a volta dEle, não é tarde para começar, aliás Ele se encherá de alegria com a sua decisão de viver para Ele.

PS: I love you and Christ too!
Rafaela Zimieski

Sobre Rafaela Zimieski

Uma criança humorada, uma menina amada e uma mulher demasiadamente apaixonada por Cristo.