Viva pela fé!

Postado por em fev 12, 2014 em Blog | 4 Comentários

Viva pelo fe

Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.” – Hebreus 11:1 (NVI)

A carta de Hebreus foi escrita em um ambiente de muitas perseguições. Os destinatários parecem ser os cristãos judeus que estavam pensando em abandonar sua fé para voltar ao judaísmo. Neste livro são exortados a se manterem firmes na sua fé em Cristo como Salvador e Senhor. O tema de Hebreus é a supremacia absoluta e a suficiência de Jesus Cristo como o revelador e mediador da graça de Deus.

Jesus Cristo estabeleceu uma nova aliança, muito superior à aliança do judaísmo no antigo testamento. O autor incentiva os cristãos a irem além do básico na fé e seguir os muitos exemplos de homens e mulheres do passado que foram fiéis a Deus. Essas pessoas confiaram em Deus e “receberam bom testemunho por meio da fé” (Hb 11:39).

Se pararmos e analisarmos os contos de fada, percebemos o quanto eles são nutritivos e determinados para as nossas crianças, mas quero hoje relevar algo que grande maioria deles ressalta, a fé. Todos estes contos que conhecemos não tratam da verdadeira fé, aquela que salva, a fé em Jesus, mas podem ser instrumentos de Deus para nos animar e crer, assim como a história do Pequeno Polegar.

O Pequeno Polegar, mostra o cuidado de Deus para um casal de lenhadores e seus sete filhos. O filho menor tinha sete anos e era bem pequenino. Quando ele nasceu era do tamanho de um dedo polegar, por isso deram-lhe este nome. A família estava passando por muitas necessidades e já não tinham nem mesmo o que comer. Então, com grande pesar, os pais decidiram abandonar os filhos na floresta para não vê-los morrendo de fome. Perdidos, os sete irmãos caminharam por uma floresta em busca de abrigo, até que chegaram a certa casinha, onde foram acolhidos por uma bondosa mulher. Contudo, ela os alertou de que seu marido era um terrível feiticeiro que devorava crianças. A mulher os escondeu, mas eles foram descobertos e o feiticeiro mandou prende-los para devorá-los mais tarde. Enquanto o homem dormia, os meninos conseguiram fugir. Ao despertar o feiticeiro passou a persegui-los usando sua bota de sete léguas, que o tornava extremamente veloz. Os garotos esconderam-se debaixo de uma rocha cavada. O feiticeiro pensou em descansar um pouco e o céu quis que ele fosse ficar justamente em cima daquela rocha. Ele adormeceu e o Pequeno Polegar tirou-lhe as botas e calçou-as. Elas imediatamente ajustaram-se aos seus pés, pois eram mágicas. Com essas botas ele conseguiu libertar seus irmãos, ajudar seus pais e fazer prosperar toda família.

Esse e muitos outros contos nos ensinam que podemos confiar no Senhor em todas as circunstâncias. A expectativa do milagre de que algo pode inesperadamente acontecer, de que podemos contar com a ajuda do alto é um grande consolo. O pequeno Polegar foi o único da sua família que não se desesperou por causa das terríveis adversidades que enfrentaram. Ele confiava na ajuda dos céus e a obteve devido a sua fé e coragem.

A fé verdadeira é a obediência confiante à palavra de Deus apesar de circunstâncias ou conseqüências. A fé é descrita de uma forma dupla. É “a certeza daquilo que esperamos” e “a prova das coisas que não vemos.”A fé é onde as promessas e o trabalho de Deus são feitos verdadeiramente nos Seus Filhos, e é vital à vida do cristão.

  • Efésios 2:8-9 “somos salvos pela fé”
  • Romanos 1:17 “nós vivemos pela fé”
  • Romanos 4:13 “recebemos a justificação pela fé”
  • Romanos 5:1 “somos justificados em Cristo pela fé”
  • Romanos 5:2 “temos acesso a graça de Deus pela fé”
  • 2 Coríntios 1:24 “nos mantemos firmes em nossa crença pela fé”
  • Gálatas 3:14 “recebemos a promessa do Espírito pela fé”
  • 1 Timóteo 1:4 “nós fazemos o trabalho de Deus pela fé”
  • Gálatas 5:5 “aguardamos o retorno de Cristo pela fé”

Segundo o dicionário a fé é descrita como: “uma crença inquestionável que não necessita de prova ou evidência”.

A fé é um dever fundamental para todo seguidor de Cristo.
A fé é uma arma defensiva na guerra espiritual.
A fé é fundamental na oração.

Deus planejou uma maneira de distinguir os cristãos, e essa maneira se chama fé. Simplesmente, precisamos ter fé para agradar a Deus. Deus nos diz que agradamos a Ele se nós acreditamos nEle, embora não possamos vê-Lo. A fé é um elemento indispensável para agradar a Deus.

Finalmente, a fé é o que nos sustenta até o fim, sabendo que pela fé vamos estar no céu com Deus por toda a eternidade.

Mesmo não o tendo visto, vocês o amam; e apesar de não o verem agora, creem nEle e exultam com alegria indizível e gloriosa, pois vocês estão alcançando o alvo da sua fé, a salvação das suas almas.” – 1 Pedro 1:8,9 (NVI).

A fé é de vital importância na vida do cristão. É pela fé que você está salvo, você é justificado; limpo, e está ansioso para o retorno de Jesus. Pela fé é como você agrada a Deus, admite sua dependência Dele e busca continuamente a confiar Nele e Sua graça.

O teólogo João Calvino definiu a fé como “o firme e seguro conhecimento da divina benevolência para conosco, (conhecimento) que, fundado na verdade da graciosa promessa de Cristo, não é só revelado a nossa mente, mas é também selado (em nosso) coração mediante o Espírito Santo. Ele afirma que a fé é a obra principal do Espirito Santo, um dom sobrenatural recebido pela graça por aqueles que de outra maneira permaneceriam na descrença. Segundo Calvino, a oração é o principal exercício da fé. A fé não é mera questão de intelecto, mas do intelecto combinado com as emoções (reação entusiástica e assentimento sincero) e com o elemento volitivo (que tende a despertar um sentimento de confiança e segurança da alma).

Cristo e a vida cristã são superiores. Jesus é a própria essência de Deus; Ele realizou a obra do Pai na terra e morreu para que nossos pecados fossem perdoados. O que Deus exige de nós agora é que confiemos nEle. Se nós vivemos pela fé, passamos a ser participantes das promessas divinas – vida plena agora, e vida eterna por vir.

PS: I love you and Christ too!
Rafaela Zimieski

Sobre Rafaela Zimieski

Uma criança humorada, uma menina amada e uma mulher demasiadamente apaixonada por Cristo.

  • Edson Romanatto

    Muito bom mesmo muito obrigado pelo estudo.

    • Rafaela Zimieski

      Que bom que gostaste Edson ^^