Th1rteen R3asons Why To Live: Chapter 09

Postado por em maio 24, 2017 em Blog | Sem Comentários

Th1rteen R3asons Why To Live: Chapter 09

Olá pessoas, tudo na boa?

Tá tudo certinho mesmo? Por que pergunta isso de novo Ariel? Por um simples motivo: inúmeras vezes mascaramos o que estamos passando, o que estamos sentindo, para aparentar estarmos bem, felizes, cheios de vida.

As vezes o que dá a entender é que esse mundo pós-moderno cada dia mais nos impulsiona a sermos individualistas, egoístas, egocêntricos. Ninguém gosta de assumir que necessita de ajuda. É mais fácil pedir ao Google do que pedir à pessoa que está sentada ao seu lado.

Vemos pessoas se afundando em uma profunda angústia, decorrente dos problemas que guardam para si mesmas. É como tirar o pino de uma granada e ao invés de arremessá-la, pegamos ela e a abraçamos, fazendo com que ela exploda em nossas mãos.

Porém, Cristo nos deu vida por meio do seu sacrifício, vida pela qual não é mais solitária, mas em comunidade, somos um corpo, onde o cabeça é Cristo, Ele é quem nos une.

“E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres,
com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado,
até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo.
O propósito é que não sejamos mais como crianças, levados de um lado para outro pelas ondas, nem jogados para cá e para lá por todo vento de doutrina e pela astúcia e esperteza de homens que induzem ao erro.
Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo.
Dele todo o corpo, ajustado e unido pelo auxílio de todas as juntas, cresce e edifica-se a si mesmo em amor, na medida em que cada parte realiza a sua função.” – Efésios 4:11-16 (NVI)

Deus nos deu essa vida que rompe nossas correntes com o pecado e para que com um só pensamento sejamos um, para que não sejamos mais jogados de um lado para o outro, mas que cada um molde o caráter um do outro, para que assim possamos ser cada vez mais parecidos com Cristo, aquEle quem nos deu vida, e vida eterna.

Como é incrível ter pessoas ao seu lado para lhe ajudar nessa caminhada com Cristo, e ainda mais gratificante poder fazer parte na caminhada de outros! Deus é ainda mais gracioso, ele permite e nos usa para que sejamos um na vida do outro.

É nessas horas que os 300 de Esparta aparecem na minha memória. Eles tinham um rei, e junto com ele, eles eram um só, cada um desempenhando sua função. Nós temos nosso Rei (Jesus), o qual é muito além de um Leônidas, que nos conduz e nos orienta durante a batalha, Ao mesmo tempo, Ele nos uniu para sermos tão unidos, ao ponto de não passar nem sequer uma lança por entre nossos ombros.

O final disso? Essa união plena nos leva a viver o que Atos 2 diz, sendo a igreja que Deus instituiu, cada um desempenhando sua função.

Deus te colocou exatamente onde você está para você ser e fazer parte na vida das pessoas que receberam tal presente em Cristo, para cumprir o propósito que Deus quer, para nos fortalecer-mos e assim atingir a medida da plenitude de Cristo.

Abraço de Urso


Clique aqui e leia os outros posts da série 13 Reasons Why To Live.

Sobre Ariel Zimermann

Uma criança crescida, que acha motivo pra rir, até quando é pra chorar. Conheci a Cristo com meus 15 anos, sou Gaúcho, Estudante de Engenharia Elétrica, que encontra na música uma forma de mostrar a grandeza de um Deus infinito. Aquele que senta na rua e fica olhando as estrelas por horas, conversando com Deus, tomando café no meio da rua. Sou direto, até demais, pois sinto que as pessoas devem ouvir o que elas precisam ouvir, e não o que elas querem ouvir.