Th1rteen R3asons Why To Live: Chapter 05

Postado por em maio 20, 2017 em Blog | Sem Comentários

Th1rteen R3asons Why To Live: Chapter 05

Olá Pessoas, como vai essa força?

Hoje é sábado, mas nada de folga, continuamos firme nessa empreitada, que ainda durará um bom tempinho, e espero que esteja conosco até o fim. Estamos recém na quinta razão, muitas ainda estão por vir e com isso espero que possamos nos aproximar da plenitude da Vida que recebemos em Cristo.

Por incrível que pareça, quando comecei a escrever esse post, começou a tocar uma música que eu gosto muito. Seu nome é Scandal Of Grace. Ela fala exatamente o que falamos ontem e o que falaremos hoje, justamente o escândalo da graça, manifesta em Cristo, morrendo em uma Cruz em nosso favor.

Quando alguém lhe pergunta o que Jesus fez por você, o que você responde? Normalmente, falamos de prontidão, que Ele morreu por nós. Porém muitas vezes não passa desse pensamento. Como se Jesus simplesmente quis morrer em nosso lugar, como se fôssemos de certa forma “bonzinhos”, merecedores ou até mesmo com a ideia que era obrigação de Jesus.

“De fato, no devido tempo, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu pelos ímpios.
Dificilmente haverá alguém que morra por um justo; pelo homem bom talvez alguém tenha coragem de morrer.
Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.
Como agora fomos justificados por seu sangue, muito mais ainda seremos salvos da ira de Deus por meio dele!
Se quando éramos inimigos de Deus fomos reconciliados com ele mediante a morte de seu Filho, quanto mais agora, tendo sido reconciliados, seremos salvos por sua vida!
Não apenas isso, mas também nos gloriamos em Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo, mediante quem recebemos agora a reconciliação.
Portanto, da mesma forma como o pecado entrou no mundo por um homem, e pelo pecado a morte, assim também a morte veio a todos os homens, porque todos pecaram;” – Romanos 5:6-12 (NVI)

Todos pecamos, não há um justo sequer, nenhum bom o suficiente, pois todos abandonamos o Criador e Senhor sobre todas as coisas. Buscamos seguir as vontade imundas do nosso coração. Somos podres, imundos, merecedores somente da morte decorrente do nosso pecado, o qual o colocamos como senhor de nossas vidas ao invés daquele que é o Todo poderoso.

Onde isso termina? Não terá mais chance?

Nessa hora, onde sentimos que nada pode nos salvar do túmulo que cavamos com as próprias mãos, vem a soberania e a grandeza desse Cara que fez infinitamente mais do que pudéssemos imaginar. Surpreendentemente a graça e o amor de Deus vão além do que a nossa mente alcança, muito além das expectativas humanas.

Deus não dá simplesmente  uma vida nova, Ele apaga toda nossa decadência, assume o preço que devia ser pago. Isso mesmo, sangue, esse era o preço, alguém havia de morrer, pois o pecado gera morte, ele tem suas consequências. Então Jesus bate no peito e resolve a dívida, não é só dar uma vida e esquecer o resto, Ele assumiu a minha e a tua culpa, derramou o sangue precioso dEle, para nos limpar da podridão que havia em nosso ser, nos deu um banho de amor.

Não faço ideia de quanto isso te constrange, mas eu fico sem reação, fico paralisado quando medito em tudo isso. Que lógica é essa Deus? Quem deveria sofrer sou eu. Eu que tinha que estar morto em uma cruz. Por que Tu sofreu as consequências no meu lugar?

O próprio Deus perfeito, sem pecado, se humilha ao ponto de carregar o peso do meu pecado. Sobre seus ombros a morte que surgiu da minha infinidade de pecados foi depositada, e Tu não recuou perante isso, mas permaneceu pra que sobre sua morte e ressurreição pudéssemos viver sempre ao seu lado!

Tua misericórdia é imensa, pois tu nos dá uma vida a qual não merecemos, e a morte que de fato é o que merecemos, o Senhor toma para si. Esse é o escândalo, essa é a loucura do evangelho, para que o mundo venha conhecer e se render para aquele que incomparável.

Eu te agradeço meu Deus, pois sem ti, eu herdaria a morte e nunca o conheceria, jamais sentiria o doce aroma da vida que encontrei em Ti!

Abraço de Urso


Clique aqui e leia os outros posts da série 13 Reasons Why To Live.

Sobre Ariel Zimermann

Uma criança crescida, que acha motivo pra rir, até quando é pra chorar. Conheci a Cristo com meus 15 anos, sou Gaúcho, Estudante de Engenharia Elétrica, que encontra na música uma forma de mostrar a grandeza de um Deus infinito. Aquele que senta na rua e fica olhando as estrelas por horas, conversando com Deus, tomando café no meio da rua. Sou direto, até demais, pois sinto que as pessoas devem ouvir o que elas precisam ouvir, e não o que elas querem ouvir.