Seja grato

Postado por em dez 27, 2017 em Blog | Um Comentário

Seja grato

Olá Pessoas! Tempinho néh?

Pra falar bem a verdade, eu nem sei como começar a falar, até mesmo porque tem muita coisa, talvez será mais de um texto, provavelmente vários hahaha. Talvez você pense que esse texto é um desabafo, pois é, é isso mesmo que pretendo fazer, simplesmente colocar para fora o que está reprimido dentro do meu peito.

Sim, mais um ano está na reta final e infelizmente é talvez a única hora em que paramos pra olhar o que ocorreu durante o ano. É aquele momento espiritual que deveria ter acontecido o ano todo, mas que pra variar, nós deixamos pra última hora. Falo isso porque muitas vezes acabei deixando para última hora e, em alguns anos, as vezes nem me dei conta das coisas que passaram.

Esse ano foi diferente, por várias e várias vezes pude ver o agir de Deus, durante o ano todo ficava relembrando as tantas coisas que Deus tinha me proporcionado. Quem conviveu comigo sabe, sempre estava falando das minhas experiências, de como minha vida sofreu tantas mudanças, tudo dentro de um só ano. As vezes parecia que estava repetindo as mesmas coisas para as pessoas ao meu redor.

Mas embora tenha sido um ano fantástico, por Deus ter se revelado das mais diversas formas, por mais que Ele me permitiu viajar, conhecer pessoas, e ver do seu grande amor, acabei me apegando às coisas que não foram como eu queria, e por um certo período pareceu que esse ano, de tantas reviravoltas, foi um ano sem graça, que Deus não ouvia minhas orações.

Hoje consigo olhar para trás e ver que o quanto fui contraditório, pois quando Deus me dava além do que eu queria eu ficava extremamente feliz e saltitante, mas no momento que Deus disse NÃO, tudo foi jogado fora, tudo foi esquecido. Nessas horas lembro que até nisso Deus teve que me ensinar esse ano, me lembro do tempo em que li o livro de Jó, onde questionado por sua mulher sobre seus sofrimentos ele diz umas das frases mais marcantes de seu livro.

“Então sua mulher lhe disse: “Você ainda mantém a sua integridade? Amaldiçoe a Deus, e morra! ”
Ele respondeu: “Você fala como uma insensata. Aceitaremos o bem dado por Deus, e não o mal? ” Em tudo isso Jó não pecou com os lábios.” – Jó 2:9,10 (NVI)

É até engraçado como receber um NÃO pode anular tantos “SIM” que Deus nos dá. Jogamos tudo no lixo, acabamos esquecendo que Deus cuidou de tudo durante um ano todo.

Sonho com o dia em que todos nós seremos gratos o tempo todo e nos firmaremos no que Deus quer fazer, e não em nossos desejos enganosos. Que nossa fé seja baseada na soberania e poder de um Deus infinito, e não até onde nossos olhos conseguem enxergar!

Abraço de Urso e um ótimo ano de 2018

Sobre Ariel Zimermann

Uma criança crescida, que acha motivo pra rir, até quando é pra chorar. Conheci a Cristo com meus 15 anos, sou Gaúcho, Estudante de Engenharia Elétrica, que encontra na música uma forma de mostrar a grandeza de um Deus infinito. Aquele que senta na rua e fica olhando as estrelas por horas, conversando com Deus, tomando café no meio da rua. Sou direto, até demais, pois sinto que as pessoas devem ouvir o que elas precisam ouvir, e não o que elas querem ouvir.