Respeitando o próximo

Postado por em nov 3, 2014 em Blog | Sem Comentários

Respeitando o próximo

Ao meio a tantos bombardeios virtuais, a juventude tem se perdido em busca dos seus ideais. Me preocupa ver que quem pensa é maluco, quem tem opinião formada, embasada em pesquisas e construída em verdades é tachado como rebelde ou polêmico.

Eu ficava assustada quando via esse tipo de agressão sobre política, times de futebol, religião, onde tinha um “time” de cada lado, enchendo postagens de xingamentos e opiniões vazias, sem defender o seu ponto, apenas criticando, sem argumentos, o outro.

Mas chegou a um ponto em que fiquei profundamente triste, ao ponto de cristão rir da opinião de outro cristão e não expor seu ponto. Porque é mais fácil agir com desrespeito ao invés de passar o seu conhecimento para o próximo?

Em Marcos 12 Jesus fala quais os mandamentos mais importantes:

“O segundo é este: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Não existe mandamento maior do que estes.” – Marcos 12:31 (NVI)

Amar nada mais é do que aceitar, aproximar, respeitar e proteger uma pessoa. O que está acontecendo é que cristãos estão querendo ir contra as escrituras pra defender coisas que não tem certeza se é certa ou não. É impossível você cobrar respeito, liberdade de expressão e não aceitar as opiniões dos outros.

O desrespeito entre as pessoas chegou a um nível tão grande que é difícil você acessar alguma rede social e não ver as pessoas se “fuzilando”. Eu não sou obrigada a concordar com as crenças, visão política, ou preferências de ninguém, mas é meu dever aceitar e respeitar a opinião de cada um.

Eu quero deixar aqui um desafio para todos nós: que essa semana a gente possa acabar com um conflito e não colocar mais “lenha na fogueira”. O testemunho dos cristãos precisa ser de amor, ou seja, respeito, aceitação e proteção e não de discórdia e ódio.

“Devia ter complicado menos, trabalhado menos, ter visto o sol se pôr. Devia ter me importado menos, com problemas pequenos,
Ter morrido de amor” (Epitáfio – Titãs)

Cristo morreu por amor a nós, para que nós morramos por amor a Ele, todos os dias.

Sobre Paloma Pena

Teimosa, intensa, super protetora, eterna criança, aprendiz de engraçada.