Relacionamento com os irmãos

Postado por em ago 18, 2014 em Blog | Sem Comentários

Relacionamento com os irmãos

Há algum tempo lendo Zacarias, encontrei uma passagem que me chamou muito a atenção, que fala sobre como devemos nos portar com nossos irmãos. Percebi três pontos que Deus quer nos ensinar com esse texto.

“Eis o que devem fazer: Falem somente a verdade uns com os outros, e julguem retamente em seus tribunais; não planejem no íntimo o mal contra o seu próximo, e não queiram jurar com falsidade. Porque eu odeio todas essas coisas”, declara o Senhor.” – Zacarias 8:16-17 (NVI)

1. Falar somente a verdade (Vs. 16a: Eis o que devem fazer: Falem somente a verdade uns com os outros)

O pensamento de que é melhor negar algo do que magoar alguém com toda a certeza já passou pela cabeça de todos nós. Porém, se erramos, temos que admitir. Se sabemos algo que possa entristecer alguém, temos que ser totalmente verdadeiros com nossas palavras.

“Vocês pertencem ao pai de vocês, o diabo, e querem realizar o desejo dele. Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira.” – João 8:44 (NVI)

Precisamos falar a verdade em nossos relacionamentos. Entretanto falar a verdade não é ser grosseiro, estúpido ou mal-educado. Não podemos usar como desculpa falar a verdade para ofender o próximo.

2. Julgar retamente (Vs.16b: e julguem retamente em seus tribunais)

Somos agentes de Paz e não de discórdia. Devemos julgar a causa, não as pessoas, com o intuito de promover a paz e a reconciliação. Muitas vezes usamos essas oportunidades para alfinetar e dar a nossa opinião e não olhamos para o verdadeiro problema.

“Quem é pacífico não somente desfruta de paz, mas também promove a paz entre todos.”

3. Não planejar o mal (Vs. 17a: não planejem no íntimo o mal contra o seu próximo)

A Bíblia condena maquinar o mal contra alguém. As vezes não executamos na prática, mas no coração já matamos, agredimos e amaldiçoamos. Quando o meu coração é purificado dessas coisas, eu passo a confiar nas pessoas, e elas, por sua vez, passam a confiar em nós também. E, assim, se constrói relacionamentos verdadeiros. Pois não há “Impurezas” atrapalhando a caminhada.

Deus quer que vivamos relacionamentos transparentes, pacíficos, puros e fieis para que possamos viver plenamente em Seu favor.

“A religião que Deus, o nosso Pai aceita como pura e imaculada é esta: cuidar dos órfãos e das viúvas em suas dificuldades e não se deixar corromper pelo mundo.” – Tiago 1:27 (NVI)

Sobre Paloma Pena

Teimosa, intensa, super protetora, eterna criança, aprendiz de engraçada.