Quebrando a cara

Postado por em dez 21, 2017 em Blog | Sem Comentários

Quebrando a cara

Quebrei a cara. Só aí que percebi que tinha colocar minha vida diante de uma pessoa mais madura que eu. Então o Espírito Santo refrescou a minha memória sobre um assunto antiquado para a nossa geração. Por coincidência, justo nesse momento estava lendo “Honra teu pai”; é um livro do Gay Talese, e você sabe, antes de ser um título de livro, é mandamento. “Ihh, com tanta coisa legal para falar essa mina vai falar de honra?” Sim!

Isso porque é o que existe de mais real no que vivo com Deus hoje, Ele está trabalhando em mim. Escrevo isso com tristeza e bastante vergonha, porque estou tendo que ser corrigida. Não quero que você, leitor, pense que eu falo de temas pesados, honra é algo bom, e torna tudo leve. Do contrário é que as coisas se tornam pesadas. Se você fica desconfortável, pode ser que isso seja pra você! Hehehe

Num desabafo com uma pessoa que considero bastante, depois de despejar meus problemas e jurar que eu estava coberta de razão (como sempre), o amado irmão me falou muita coisa que eu não queria ouvir. Entre elas, disse para criar vergonha na cara e parar de agir colocando a responsabilidade sobre os outros. Êpa, logo eu, a guria mais sofrida, injustiçada feat. coberta de razão? Eu percebi que ele estava certo, e eu já tinha perdido o fio da meada há muito tempo. Eu já disse que estou envergonhada? Então, muito do que o meu amigo me falou foi que eu deveria morrer (para minha carne, não entenda mal), e isso tudo está relacionado com a honra. Não interessa se você se sente injustiçado, se está cansado de ser o “bonzinho”, ou se acha que é a pessoa mais sensata, a Bíblia diz: a quem honra, honra;

“Portanto, dai a cada um o que deveis: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra.” – Romanos 13:7 (ACF)

Diz mais: honra teu pai para que te vá bem.

“Honra a teu pai e a tua mãe, como o Senhor teu Deus te ordenou, para que se prolonguem os teus dias, e para que te vá bem na terra que te dá o Senhor teu Deus.” – Deuteronômio 5:16 (ACF)

Eis primeiro mandamento com promessa, que conheço bem, mas tive que ouvir de novo e perceber que eu estava errando feio, por achar que eu tinha razão. Eu já ouvi, e creio nisso: a honra abre portas. Honrar quem está acima de você pode fazer com que algo sobrenatural aconteça. Os grandes homens da Bíblia honraram mesmo em situações difíceis.

Uma outra pessoa, faz pouco tempo, me disse, “honra é algo que é ou não é, sem meio termo, é preto ou branco, não existe cinza”. É ter uma postura e um posicionamento de honrar incondicionalmente (no sentido de honrar autoridade por ser autoridade, se não vai contra Deus, óbvio), e isso quer dizer que preciso do Espírito Santo, eu preciso de Deus. Vamos combinar que às vezes acordamos meio virados e essa humanidade nos puxa para baixo. Mas isso não muda o que a Palavra de Deus diz. Se você for usar o seu cérebro para checar se a pessoa merece honra, você não vai estar em obediência, e isso pode sinalizar sobre quem está no comando da sua vida. Honrar dessa forma é impossível para quem está na carne, porque é uma condição interior, não é só da boca para fora.

O mais importante é o posicionamento firme. Uma posição de quem já está crucificado, e não vive mais para si mesmo. Muitas vezes nos perdemos, porque não conseguimos nos manter posicionados, ou não sabemos como voltar atrás e começar tudo de novo. Mas é simples. O Evangelho é poder de Deus! Existe graça para você e para mim! É muito bom ver que o lance entre você e Deus é real! Ele ama você profundamente e por isso ele corrige você.

Eu já consigo perceber uma superdiferença na leveza que eu estou vivendo a partir dessa mudança, espero que isso ajude você também! Até mais, brotha!

Sobre Débora Schardong

Aspirante de jornalista, xodózinho da minha mãe, doida por música e por arte. Filha de Deus. Não tenho medo de barata.