Presentes eternos

Postado por em fev 24, 2015 em Blog | 6 Comentários

Presentes eternos

Sozinha naquele quarto, olhava curiosa para as caixinhas que estavam à minha frente.

Dentro de mim, um turbilhão de emoções.

Dúvidas que eram como mochilas pesadas em minhas costas, me impediam de prosseguir…

Até que decidi abri-las.

Caixinhas vazias se intercalavam com caixinhas embrulhadas para presente.

Dentro delas, haviam filmes sobre mim que mostravam talentos, habilidades, traços da minha personalidade que me faziam única.

Eram tantas informações!

Somente Ele poderia me explicar o que estava acontecendo. E antes que pudesse pensar, Ele já estava lá:

– Vês como me orgulho de você, filha?

– Esses presentes são lindos, Papai. Mas parece que não me servem… Não me vejo como Você me vê. Em meus pensamentos, estou longe de ser como me mostras agora.

– Mas você é. Acredite!

– Como consegue me ver assim?

– Apenas te olhando por dentro. Você é preciosa para mim.

Havia um brilho verdadeiro em seus olhos. Daqueles irresistíveis, que abraçavam os meus.

– Mas Papai, e as caixinhas vazias?

– Ah, querida… Pegue suas dúvidas e seus medos. Coloque-os ali e me entregue. Divida seu fardo comigo.

– Mas Você me deu presentes tão lindos… Devo ter algo a mais para Te oferecer!

– Não há nada maior ou mais importante que possa me dar do que sua confiança.

Tão preocupado e cuidadoso,

Te entendo um pouco mais agora!

És meu presente mais precioso,

E de Teu abraço não quero mais ir embora!


Segredo da semana: geralmente, olhares externos podem oprimir, sufocar sonhos e projetos que Deus sonha para nós. O padrão humano, que tantas vezes parece inatingível, colocou um alto preço e um pesado fardo sobre mim. Foi assim que o Papai me ensinou que o padrão que importa mesmo é o dEle. E que os olhares externos só viam minha parte externa. Ele sempre olhou meu coração!

Desafio da semana: existem caixinhas de presente para você essa semana. Caixas cheias de talentos, caixas vazias esperando seus medos e opressões. O que você vai fazer com o que fizeram de você?

Sobre Andressa Rosa

Se fosse definir uma menina cheia de sonhos, louca por Jesus e pelo poder que está no nome dEle... Se fosse definir a filha, a estudante de comunicação social, a atriz de alma e formação, que tem seu casamento planejado desde os 7 anos de idade... Se fosse definir o mundo dos "talvez" e das certezas, uma pequena biografia não seria o bastante. Então me chame de Dede. E vem conversar comigo!

  • Didi Cechet

    Tão objetiva e simples. Dividir o fardo e simplesmente colocar nossa confiança nEle. Nada mais, não é mesmo?

    • Andressa Rosa

      É isso! E ao mesmo tempo que parece tão simples, é tão complexo de entender e tão difícil obedecer, né?

      • Didi Cechet

        Bastante. Conversando com um irmão, ele me disse: “não me adianta nada chorar ou reclamar. A única coisa que posso [e devo] fazer é confiar nEle”

      • Marlon Vieira

        Não tão complicado demais, mas nem tão simples assim !

  • Paloma Pena

    Apenas obrigada @andressarosa:disqus

    • Andressa Rosa

      Sempre juntas, minha linda! <3