Pergunte a Jesus

Postado por em jul 21, 2015 em Blog | Sem Comentários

Pergunte a Jesus

Perguntei a Pedro:

“Você não sentiu medo quando pisou nas águas?”

E ele me respondeu:

– Senti, mas meu desejo de estar com Ele era muito maior.

Perguntei a Paulo:

“E todo o sofrimento que você passou?”

E ele me respondeu:

– Valeu à pena pelo meu desejo de falar Dele.

Perguntei a João:

“O que você sentia quando encostava a cabeça no peito Dele?”

E ele me respondeu:

– A sensação inexplicável de estar com Ele.

Perguntei a Lázaro:

“E se Ele não viesse?”

E ele me respondeu:

– Certamente não teria voltado a viver.

Perguntei a Maria Madalena:

“E se Ele não tivesse aparecido naquele momento?”

E ela me respondeu:

– Sem a presença Dele, certamente não teria sobrevivido.

Perguntei a Marta:

“Por que tanta pressa em servi-Lo?”

E ela me respondeu:

– Porque ansiava dar o meu melhor quando estivesse com Ele.

Perguntei a Maria:

“Por que ficas tanto aos pés Dele?”

E ela me respondeu:

– Porque não há nada melhor do que a Sua presença.

Perguntei a Jesus:

“O que eu devo dar ao pobre, ao mentiroso, ao homossexual, ao invejoso, à prostituta, ao heterossexual, ao avarento, ao adúltero, ao intolerante, ao rico, ao…

E antes que eu continuasse a minha lista infinita, Ele me respondeu:

– O mesmo que Eu dei a você.


Segredo da semana: Tenho pensado muito na vulnerabilidade do nosso amor, e me perguntado constantemente sobre como aqueles homens e mulheres que hoje são referências para nós conseguiram avançar em amor, fidelidade e entrega à Deus. Então meu Consolador me disse, tão paciente: com a Minha Presença. Estar cheio de Deus tem como a maior consequência o amor. O amor é um milagre! Milagre que apenas alcançamos quando entendemos que a correspondência do anseio do nosso coração é Cristo. Ele nos amou primeiro, quando estávamos presos em nossos egoísmos, pecados e carnalidades. E qual o sentido de que façamos diferente? Veja bem, amar não é aceitar. Cristo não nos manteve como estávamos, mas nos amou antes de tudo. O amor não é condicional. Isso significa que há uma grande diferença entre amar o pecador e amar o pecado, já que Cristo não amou os nossos pecados, mas nos amou!

Desafio da semana: Se o amor é um milagre, que tal o buscarmos nos próximos dias? É um desafio e tanto amar hoje. Mas tenho certeza que podemos conseguir com a presença Dele. Foi assim com os apóstolos, foi assim com Marta, Maria e tantas outras investidoras do ministério de Jesus. Chegou a nossa vez de amar. Como Ele nos amou!

Sobre Andressa Rosa

Se fosse definir uma menina cheia de sonhos, louca por Jesus e pelo poder que está no nome dEle... Se fosse definir a filha, a estudante de comunicação social, a atriz de alma e formação, que tem seu casamento planejado desde os 7 anos de idade... Se fosse definir o mundo dos "talvez" e das certezas, uma pequena biografia não seria o bastante. Então me chame de Dede. E vem conversar comigo!