Perdão: um novo recomeço!

Postado por em jan 1, 2014 em Blog | 7 Comentários

Perdão um novo recomeço

Uma das melhores maneiras de recomeçar nossa vida é começando um novo ano, com novos projetos, novos planejamentos e novos propósitos de vida cristã. Por isso, a minha proposta de hoje é começarmos um ano novo liberando o perdão para todos aqueles que um dia nos magoaram, que nos ofenderam, no qual ainda guardamos algum ressentimento dentro do nosso coração, que afeta nossa intimidade com o Pai.

 “E quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial lhes perdoe os seus pecados.” – Marcos11.25 NVI

A tradição cristã afirma que Marcos escreveu seu evangelho para a edificação dos leitores romanos. Embora não haja afirmações diretas do propósito com que o evangelho de Marcos foi escrito, há indicações de que sua preocupação principal fosse comunicar a verdade da divindade e da messianidade de Jesus Cristo, assim podemos perceber que Marcos enfatiza muito o servir de Jesus, o quanto Ele era servo.

Este versículo nos mostra o poder do perdão e serve como modelo para todos os crentes que já receberam o perdão dos pecados. Jesus fala aqui do perdão no dia-a-dia, necessário para restaurar a comunhão rompida com Deus.

O perdão é a chave para a liberdade.
O perdão revela o verdadeiro seguidor de Cristo.
Quem libera o perdão, mostra o quão profundo está seu relacionamento com Deus.

Em grego, perdoar significa remir, liberar ou cancelar uma obrigação. Por isso, por muitas vezes, essa palavra foi usada na Bíblia no sentido de perdoar um débito financeiro. Mas, seja no caso de dívidas, ofensas pessoais, trapaças ou traições, perdoar nunca é fácil. O grande desafio imposto, então, é como fazer para perdoar alguém. (Referência)

Jesus nos mostra que temos que perdoar nosso próximo. Perdoar um ao outro não é opcional na família de Deus, que existe como resultado do alto preço que Ele pagou pelo perdão de nossos pecados. O amplo e incondicional perdão exigido por Jesus é a expressão mais clara de gratidão que qualquer pessoa pode ter para com Deus por perdoar os seus próprios pecados. Uma relação frutífera com Deus requer reconciliação com o nosso semelhante.

A Bíblia nos fala em Marcos que devemos perdoar as pessoas que nos ofendem diariamente, sem guardar mágoas ou ressentimentos. Por mais que o ofensor não demonstre arrependimento temos que ter um coração que esteja sempre disposto a perdoar, pois Deus nos perdoa todos os dias pelos nossos pecados. Infelizmente, não há um manual para que uma pessoa perdoe outra com rapidez e de coração, mas alguns pontos importantes podem nos indicar o modo como devemos fazer isso. Deve-se, antes de tudo, admitir os próprios erros. Não há nenhum homem sem pecado e que não tenha causado dor em outra pessoa. Reconhecer isso é difícil, mas, por incrível que pareça, é um dos pontos cruciais quando se quer pedir perdão.

O perdão é uma ordenança de Deus, é uma orientação para o bem de quem perdoa. A palavra certa é liberar o perdão. Ao perdoar estamos seguindo os passos de Jesus. Temos que diariamente nos revestir de misericórdia, perdoando-nos mutuamente. Perdão é, antes de tudo, uma atitude cristã.

Deus nos diz para perdoarmos assim como ele nos perdoa. Quando alguém peca contra mim, ele se torna um transgressor da lei de Cristo. Eu o considero um pecador. Se ele se arrepende e pede para ser perdoado, eu tenho que perdoá-lo, isto é, libertá-lo de sua culpa como transgressor. Quando eu o perdoo, não o considero mais um pecador. Posso não ser literalmente capaz de esquecer o pecado que ele cometeu mais do que Deus literalmente “esquece” nossos pecados, mas preciso deixar de atribuir a ele a culpa pelo seu pecado. Deste modo, eu o liberto de sua “dívida”.

Perdoar significa deixar de considerar o outro com desprezo ou ressentimento. É ter compaixão, deixando de lado toda a ideia de vingar-se daquilo que foi feito ou pelas conseqüências que sofremos.

O cristão é aquele que já perdoa o ofensor antes mesmo de que tudo aconteça”.

O ato de perdoar é uma atitude de amor, é um ato da minha vontade, é uma decisão importante para a vida do ofendido e para a vida da pessoa que ofendeu, pois é como se estivesse quebrando a corrente de ferro que prendia um ao outro, assim libertando-os da escravidão do pecado que lhes envolvia.

A primeira e geralmente única pessoa a ser curada com o perdão, é a pessoa que perdoa. Quando genuinamente perdoamos, libertamos um prisioneiro e então descobrimos que o prisioneiro que libertamos éramos nós. Então, automaticamente, o perdão é a chave da liberdade.

Se você está tendo problemas para perdoar alguém, ore e peça a Deus para que ele encha seu coração de amor e que você esqueça as coisas ruins.

  • Tenha intimidade com Deus, pois, um bom relacionamento com Ele te ajudará a liberar o perdão;
  • Confesse os teus pecados e diga a Deus que você não está conseguindo perdoar determinada pessoa, seja sincero.
  • Quando alguma situação de ofensa te deixar impaciente, procure ajuda, fale com teu líder, com teu discipulador, com uma pessoa na qual confie, mas não guarde o rancor dentro de ti.

O perdão é uma atitude de amor com o nosso semelhante, por isso temos que estar sempre pedindo forças a Deus, para nós conseguirmos perdoar como Ele nos perdoa, porque nós, seres humanos, resistimos facilmente a atitudes como esta, sempre guardando rancor e mágoas do próximo, onde nunca lembramos nestas ocasiões que para ter um relacionamento frutífero com o nosso Pai celestial, temos que perdoar o nosso semelhante.

Vamos estar nos vigiando a cada minuto, para não nos tornarmos cristãos amargurados, ressentidos, buscando vingança e justiça pelas próprias mãos, mas temos que buscar ser cristãos humildes que reconhecem que são pecadores e saibam perdoar os pecados do próximo, pois Deus quer que tenhamos atitudes de amor para com o próximo.

Deus quer que tenhamos um novo recomeçar com Ele.
FELIZ ANO NOVO!!!

 PS: I love you and Christ too!
Rafaela Zimieski

 

Sobre Rafaela Zimieski

Uma criança humorada, uma menina amada e uma mulher demasiadamente apaixonada por Cristo.

  • Edson Romanatto

    Realmente me ajudou ^^ obrigado.

    • Rafaela Zimieski

      Que bom, fico feliz (:

  • Olavo Junior Mendes

    A relação com DEUS é ua relação de profunda confiança, perdoar é confiar neste DEUS que tanto nos convida a olhar para ele com amor e carinho.

  • Luciana

    Rafaela, essa palavra falou muito ao meu coração pelo momento difícil que estou passando. A traição é algo devastador. Muitas pessoas traídas necessitam de mais orientações, apoio e ministração acerca desse momento tão complicado de se vivenciar. Que a igreja e cada um de nós mesmos estejamos atentos a quem precisar de apoio nessa área. Tenho pesquisado muito sobre o assunto e descobri que a traição é a 3ª pior dor do mundo. Imaginem o quanto é destruidor ! Tem sido na minha vida também, as vezes acho que não vou conseguir superar essa dor, perdoar e viver Cristo com quem me traiu. Oremos por todos que estão passando por um problema semelhante.