#PADD044: É pra comê mesmo!

Postado por em fev 6, 2015 em Podcast | 15 Comentários

PADD044: É pra comê mesmo!

Tá no ar! No episódio 44, EddieTheDrummer e Rafael Bottega recebem a equipe completa do Pra Lê Ou Pra Comê?, Bruno EscarimPaulo de CastroVitor Escarim, para fazer um crossover refletindo sobre Mateus 4:4.

Deixe seu feedback nos comentários. É muito importante para nós!

Dê o play!

Para ouvir, clique no player acima ou clique em Download para baixar (caso não inicie o download, clique com o botão direito e clique em “Salvar link como”). Você também pode escutar em uma janela 😉


Neste episódio:

Conheça o contexto do versículo comentado.
Saiba como ele pode ser interpretado.
Descubra como aplicar o texto em nossas vidas.


Links comentados:

Bíblia Online
#PADD012: Provações
#PADD021: Noé e os sete


Área de Feedbacks

Texto do Lourival Gonçalves: Sim, Jesus é pros fracos

PADD Indica!

Resistência Podcast #05 – Como saber o que me convém?


Assine o Feed do nosso podcast!

RSS Podcast Pelo Amor de Deus (http://www.peloamordedeus.org.br/feed/podcast/)
Assine no iTunes (http://www.peloamordedeus.org.br/itunes/)
Estamos também no YouTuner, Podflix e Podfy


Acompanhe nas rede sociais!

Facebook – https://facebook.com/OficialPADD
Twitter – Siga @_padd


  • Lourival Gonçalves

    Primeirão?Os comentários Limpinhos me esperando?kkkkBaixando.

  • Mateus 4.4. 44. 44-4=40 (o_0)

    Não senti fome ouvindo o podcast porque já estava tomando café, e esta não foi uma declaração aleatória (ou será que foi? Fica o mistério no ar). Jesus estava sempre alimentando-se de Deus, em constante contato com Ele, e não obedeceu ao Diabo. Nossa preocupação não deve ser simplesmente vencer o “7Péli” com nossa força, e sim nosso foco é mantermos contato com Deus, e saber a Sua vontade, e nos preocupamos com ela, então vencemos o CoisaRuim.

    • Episódio 44, Mt 4:4… coincidências? Illuminati? hahahah
      Perfeito Felipe, é isso mesmo. Nosso foco deve ser apenas um, pois Ele vence o maligno.

      Abraço

  • Este episódio me deixou com água na boca. Muito legal a analogia sobre em que aspecto humano se deu cada momento das tentações sofridas por Jesus, lembrando que ele passou por todas como homem nos deixando a máxima de que se nos submetermos a vontade de Deus também podemos resistir a todas estas investidas do mal. Grande abraço….

    • Obrigado pela fidelidade nos feedback Luis! Hebreus 4:15 comenta isso, que Cristo passou por todo tipo de tentação que podemos passar 🙂

      Abraço

  • Manos, legal o crossover…eu tinha o Pra Lê ou Pra Comê antes no meu feed no outro celular e agora vou assinar novamente.

    Interessante as análises que foram feitas. Realmente, Jesus tem exemplos para todas as situações de nossas vidas, assim, o que precisamos na verdade é ler a Palavra todos os dias e todos os dias teremos as respostas na ponta da língua para qualquer situação adversa, assim como foi com Ele.

    Grande abraço,
    Franklin Almeida
    Achando Graça

    • Obrigado pelo feedback Franklin. O pessoal do Pra Lê ou Pra Comê? é show de bola. Gosto muito do estilo deles e vale a pena escutar. É muito edificante 🙂

      Abraço

    • Já assinou Franklin? heheheh

      • Já assinei e já ouvi o #31 sobre louvor hj de manhã….daqui a pouco vou lá comentar.

        Valeu, Bruno.

        Abraço.

  • Pingback: Pelo Amor de Deus - Pra Lê ou Pra Comê?()

  • Lourival Gonçalves

    Umas referências que faço da tentação no deserto é com o seguinte versículo:
    Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta.(Tiago 1:13)
    A consumação da obra redentora de Jesus na cruz nos apresenta a célebre frase:Está consumo”(João 19:30)Essa frase mostra como Ele se “sujeita”(Obediência) a Deus e como sua limitação humana se arrasta até cruz do Calvário.Dentre muitas limitações saliento a questão da tentação.Será que o versículo de Tiago contrapõe a tentação de Jesus?Não.Como citei a acima,Cristo mais uma vez demostra, naquele momento, as condições as quais ele estava sujeito,mesmo sendo tentando.
    Claro que Jesus não perdeu a dimensão do que era realmente importante ao se esvaziar de sua glória.Em tempo de crise muitas vezes cedemos as tentações,não aprendendo que não só do pão viverá o homem.Daí perdemos aquilo que realmente é importante.
    Ter noção do que é pífio e eterno representa no mínimo nosso relacionamento com Deus.O Amarás a Deus sobre todas as coisas nos mostra que não só do Pão viverá o Homem.Isso,Jesus Amou o Pai.

    • Sensacional teu feedback Lourival! Muito obrigado! O que importa é manter o foco, prosseguindo sempre para o alvo, que é Cristo 🙂

      Abraço

  • Pingback: #32 - Siga-me - Pra Lê ou Pra Comê?()