O poder da palavra

Postado por em ago 17, 2016 em Blog | Sem Comentários

O poder da palavra

Pode-se considerar que os verbos “sentir” e “falar” não estão conectados de forma alguma, pois um se resume ao interior e o outro se resume ao exterior. Porém, podemos rever alguns conceitos relevantes aos dois verbos, quando nos deparamos com a seguinte frase:

“Se você insistir em falar o que sente, eventualmente, você vai sentir o que falou.” – Steven Furtick

Evidentemente, a boca e o coração estão intrinsecamente ligados, “(…) Pois a boca fala do que está cheio o coração.” (Mateus 12:34b – NVI).

Da mesma forma, por meio do livro de Neemias podemos decifrar o quão importante são as palavras. Neemias era o responsável por servir vinho ao rei e no momento em que descobre que Jerusalém e os Judeus estavam numa condição desfavorável, ele se entristece, mas não usa a língua culpando Deus ou acusando homens e ele nem sequer pensa em murmurar. Muito pelo contrário, ele usa sua boca para invocar o nome de Deus, clamando para que Ele o ajudasse a reconstruir a cidade. É isso mesmo. O homem que menos tinha entendimento sobre construção civil, abre a boca para clamar a Deus, pois ele sabia que a força e a capacidade vinham de Deus e não dos homens.

Em Neemias 1:5,6 está enunciado:

“E disse: Ah! Senhor Deus dos céus, Deus grande e terrível! Que guarda a aliança e a benignidade para com aqueles que o amam e guardam os seus mandamentos;
Estejam, pois, atentos os teus ouvidos e os teus olhos abertos, para ouvires a oração do teu servo, que eu hoje faço perante ti, dia e noite, pelos filhos de Israel, teus servos; e faço confissão pelos pecados dos filhos de Israel, que temos cometido contra ti; também eu e a casa de meu pai temos pecado.” – Neemias 1:5,6 (ACF)

Focando numa perspectiva prática, nós temos que ter a mesma atitude de Neemias mediante o conhecimento de que, o que sentimos, tem constante nexo com o que falamos e vice-versa. Então, da próxima vez que você se deparar com um problema, por exemplo uma cidade para reconstruir, não embarque na viagem ao mundo das palavras tolas, ao invés disso, invoque o nome do Rei dos Reis, e com certeza Ele te ouvirá. E, no momento certo, de acordo com Sua majestosa sabedoria, Ele te responderá e agirá.

Sobre Louise Sebben

Enamorada de risadas, de brincadeiras, de línguas estrangeiras, de viagens sem rumo e principalmente de açaí, de alfajor e de um bom chimarrão. Jesus é minha canção, o amor é meu instrumento, a bíblia é minha partitura e o céu é minha pista de dança.