O construtor sábio e o tolo‏

Postado por em jul 3, 2015 em Blog | Sem Comentários

O construtor sábio e o tolo‏

Mateus 7: 24-27 diz: “Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as pratica é como um homem prudente que construiu a sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa, e ela não caiu, porque tinha seus alicerces na rocha. Mas quem ouve estas minhas palavras e não as pratica é como um insensato que construiu a sua casa sobre a areia. Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa, e ela caiu. E foi grande a sua queda”. (NVI)

No contexto, Jesus tinha acabado de ensinar muitas coisas para as multidões. Ele então disse: “Por que vocês me chamam ‘Senhor, Senhor’ e não fazem o que eu lhes digo?” (Lucas 6:46 – NVI) Jesus também diz: “Nem todo aquele que me diz ‘Senhor, Senhor’, entrará no reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus.” (Mateus 7: 21-23 – NVI)

Jesus então relata esta parábola dos construtores sábio e insensato, a fim de ilustrar essas declarações.

Nessa parábola que Jesus contou, as duas casas, exteriormente, aparentavam ser igualmente bonitas e substantivas, mas a diferença é onde elas estavam alicerçadas. Uma delas, estava construída numa firme e dura rocha cuja protegeu a casa dos desastres naturais. A outra, pelo contrário, estava construída numa fina areia, cuja não conseguiu proteger a casa quando apareceram os desastres.

Podemos ver que, metáforas a parte, está parábola está descrevendo dois tipos de construtores que podemos ser. Jesus está ensinando que aqueles que ouvem e agem em Seus ensinamentos para obedecer a Deus são construtores sábios cuja vida está firme na ‘rocha’ que encontramos em Jesus Cristo. No entanto, aqueles que ouvem e continuam a desobedecer, são pessoas tolas, cujas vidas não estão alicerçadas em Jesus Cristo, mas muitas vezes estão alicerçadas em coisas materiais, dinheiro, profissão, relacionamentos etc.

Acredito que os desastres naturais citados na parábola, podemos vê-los em nossas vidas, mas de uma maneira diferente. Veja que as duas casas foram colocadas ao teste para ver a sua firmeza ao solo. Talvez não passemos por desastres naturais como os dois construtores, mas a metáfora é que muitas vezes nossa fundação será colocada ao teste, muitas vezes Deus permitirá problemas, doenças, demissão de trabalho etc na nossa vida para vermos onde nossa vida está alicerçada: nEle ou em outras coisas. Veja que, se somos como o construtor sábio, passaremos por estas adversidades mas com a confiança de que nada poderá nos abalar, pois estamos enraizados na Palavra do Senhor e em Total obediência e dependência em Jesus Cristo.

Hoje gostaria que refletissem nestas perguntas:
És apenas ouvinte da Palavra de Deus ou ouvinte e obediente?
Que construtor estás sendo: o sábio ou o tolo?
Aonde está alicerçada a sua vida: em Jesus Cristo ou neste ‘mundo’ ?


Meu desejo hoje é que possamos ser como o sábio construtor. Peço a Deus para que consigamos realmente ouvir a Sua palavra e poder agir de acordo com a vontade de Deus para cada um de nós! Que possamos tentar praticar tudo que lemos/ouvimos… mas principalmente, que possamos continuar firmando nossa vida em Jesus Cristo, para que possamos experimentar a paz de ter nossa rocha alicerçada nEle e de sermos verdadeiramente inabaláveis.

Deus abençoe.

Sobre Sofia Sebben

Apaixonada por Jesus, risonha, tímida, feliz, sonhadora, amo viajar e cantar.