O amor de Deus

Postado por em maio 6, 2015 em Blog | Um Comentário

O amor de Deus

E aí, pessoal! De boa?

Bom, essa semana falarei um pouco sobre uma coisa que eu tenho vivido e que me incomoda muito, que é quando Deus parece distante, e como Ele nos aceita de volta!

Essa última semana vinha sendo horrível para mim, pois eu não conseguia mais me sentir tão perto de Deus como antigamente.

Comecei a pensar no que eu estava fazendo de errado e porquê Deus estava tão longe de mim. E adivinha?! Descobri que não era Ele que estava distante, mas sim eu!

Minhas atitudes estavam me afastado muito de Deus nessa semana, ao ponto de eu quase não conseguir mais orar. Estava passando por um momento pelo qual eu nunca havia passado antes e eu não sabia mais como agir. Algumas coisas estavam dando errado e eu não sabia para qual lado ir, pois estava sem saber o que fazer. Foi quando eu percebi que eu deveria voltar para os braços de Deus, de onde eu nunca deveria ter saído.

Cheguei e me ajoelhei nos pés de minha cama e comecei a falar para Deus tudo o que estava acontecendo comigo, e a pedir perdão para Ele por ter me afastado tanto assim. Orei, e me senti muito mais leve. No dia seguinte me sentia muito melhor, como se eu estivesse renovado, com forças para lutar e seguir em frente.

Comecei a pensar no quanto Deus nos ama e o quanto Ele é fiel, porque em todas as vezes em que eu erro e acabo pecando, Deus vem para mim e diz: “Meu filho, eu te perdoo!”. Isso para mim é uma das coisas que mais me abala emocionalmente, porque eu não merecia isso e mesmo assim Deus me ama de uma tal maneira que é impossível ser medida, e o que mais me deixa triste é saber que novamente eu vou errar e Ele vai me desculpar, pois eu não queria errar, queria apenas fazer Deus sorrir, deixar Ele feliz com as minhas atitudes.

Hoje eu dou graças a Deus por Ele ser esse Deus tão grandioso e misericordioso que cada vez que a gente erra ele nos perdoa, e dou ainda mais graças a Ele por seu filho Jesus, que veio à terra e deu a Sua vida por cada um de nós, para pagar por nossos pecados. Não era Jesus quem deveria estar na cruz, eramos nós, pois ele morreu por culpa dos nossos pecados, e a única coisa que Ele nos pede é que entreguemos nossos corações para Ele.

Como eu posso retribuir isso? O que eu posso dizer? O que posso fazer, se não apenas entregar meu coração a Ele? Eu não posso simplesmente dizer um “não” para Jesus, porque ele morreu por mim e por você também. Mesmo eu tendo a escolha de poder me entregar ou não, não posso virar as costas a um Deus tão maravilhoso.

Que todos nós possamos deixar Jesus entrar em nossos corações, e então a partir disso, começar a entender e a sentir o amor de Deus, que é simplesmente a coisa mais maravilhosa que existe.

Sobre Roger Eduardo dos Santos

Estudante do curso de Engenharia Mecânica, 19 anos, trabalha na empresa Todeschini. A um ano e meio teve a oportunidade de conhecer Jesus, desde então tenta seguir uma vida parecida com a que Ele teve, sempre focado nas coisas do reino de Deus. Espera através de seu testemunho poder apresentar Jesus para as outras pessoas!

  • Ana Paula Ferraz

    Texto maravilhoso, Deus seja louvado por tão grande amor!