Minha vida, meu drama

Postado por em jun 8, 2015 em Blog | Um Comentário

Minha vida, meu drama

Eu voltei. Depois de semanas longe daqui, eu volto com um sentimento de irritação comigo mesma. Eu tenho vivido coisas grandiosas, tenho crescido com meus irmãos de fé, tenho sofrido bastante com amigos e familiares, eu tenho sido ombro pra choros com grandes motivos.

Mas eu insisto em me fazer de coitadinha, de achar que eu estou sofrendo, que minha vida é difícil. Minha vida é corrida, é cansativa, é agitada, mas difícil? Não é tão difícil.

Eu sempre fui muito dramática, porém era mais na brincadeira do que realmente eu sentia. Mas de um tempo pra cá, tenho percebido como tudo tá péssimo na minha vida. Mas tá péssimo mesmo ou eu estou dando mais importância do que as coisas têm?

Eu vejo pessoas tendo que reestruturar a vida, reconstruir casa, ganhar obrigações mesmo sem querer, as pessoas têm lutado contra doenças e tantas outras coisas. E eu? Eu sofro pela faculdade, pelo trabalho, por brigas na família, por amizades, por dinheiro.

Por que eu insisto em achar que o meu sofrimento é maior do que o do outro?

Eu não tenho noção nenhuma, sofro por coisas tão pequenas, que estão com Deus enquanto as pessoas com muito mais problemas conseguem viver mais e ter mais esperança.

Não é que eu não confie em Deus, mas tô com mania de reclamar. Reclamar por reclamar. Faço tanto drama que canso de viver, dá vontade de sentar no sofá ou deitar na grama e ficar lá.

Precisamos urgente, aprender a dar menos importância para as coisas do dia a dia e focarmos em Cristo que é nosso Senhor e Salvador. Só Ele pode resolver tudo, mesmo nosso tudo sendo um nada aos olhos dEle e de quem sofre muito mais.

“Sei que podes fazer todas as coisas; nenhum dos teus planos pode ser frustrado. Tu perguntaste: ‘Quem é esse que obscurece o meu conselho sem conhecimento? ’ Certo é que falei de coisas que eu não entendia, coisas tão maravilhosas que eu não poderia saber.” – Jó 42:2,3 (NVI)

Senhor, me perdoa por ser tão dramática e me tornar egoísta com o sofrimento dos meus irmãos.

Sobre Paloma Pena

Teimosa, intensa, super protetora, eterna criança, aprendiz de engraçada.

  • Laís Spagnollo

    Muito bom teu texto, Palominha! Estava precisando de um choque de realidade, hoje!