Meu maior investidor

Postado por em abr 28, 2015 em Blog | Sem Comentários

Meu maior investidor

Eram muitos painéis coloridos.

Em verde, em vermelho, com gráficos para cima, para baixo, na diagonal, pequenos, grandes, infinitos.

Todo aquele movimento me era estranho, afinal, nunca tinha entrado em uma bolsa de valores.

– Conhecer o mundo através de filmes não é sempre uma boa decisão – pensei.

Muitos homens de terno entraram naquele grande espaço, com seus telefones à postos que indicavam a aventura do dia: ali aconteceria uma venda de ações, chamada de pregão.

Essas ações, no entanto, não eram vendidas em dinheiro. Eram vendidas em espécie.

Humana.

– O primeiro capital de interesse dos investidores está representado por ela… – nos painéis, fotos de pessoas passavam junto com suas descrições, qualidades, defeitos e intenções. – É uma boa menina, se não fosse a arrogância e prepotência, é claro. Ações em alta pelo valor futuro que ela pode oferecer.

Rapidamente, os interessados pegaram seus celulares e começaram a falar com seus clientes, e logo os primeiros lances começaram a ser feitos.

Me impressionava o fato principal de que havia um preço a ser pago por cada vida. Um lance de investimento, e os homens de terno teriam poder sobre cada um.

Me impressionava ainda mais o fato – não necessariamente secundário – de que os mais “valiosos” despertavam o interesse deles. Pessoas com defeitos eram descartáveis, excluíveis e, principalmente, substituíveis.

Quando Ele chegou àquele pregão, um silêncio assustador fez-se presente.

– Lá vem o investidor dos defeituosos! – exclamou um corajoso.

Sem responder a piada, Ele se aproximou do leiloador. A paz em Seus olhos indicava o desfecho da história.

– Quero as ações.

– Muito bem, – disse o leiloador – agora junte-se aos outros e espere o anúncio.

– Quero todas as ações. Coloque um preço, e Eu pagarei.

– Acho que só com Sua própria vida conseguiria pagar por todas elas! – zombava o leiloador.

– Está feito.

Meus lábios estavam aflitos por não conseguirem se fechar. Minhas pernas tremiam, o coração queimava. Ele estava mesmo fazendo aquilo.

Foi ali, naquele centro de operações, no meio de todos aqueles investidores, que entendi que És o maior de todos eles.

Aquele que investe nos fortes e nos fracos, que dá vida a todos, sem exceção.

Foi ali que aprendi que sou Sua maior ação.

Comprada com sangue.

Com santificação.


Segredo do dia: Vocês conhecem alguma Bolsa de Valores, meus leitores? Imagino que a resposta deve ser sim! Na semana passada pude conhecer um pouco mais sobre como funciona a Bolsa de Valores de São Paulo, e lá fui surpreendida pelo abraço de Deus. Nesse pequeno conto, quero revelar a vocês o que foi revelado a mim pouco antes – Jesus é o nosso maior investidor! Muitas vezes (quase todas) o mundo destaca nossos defeitos e fragilidades. Até mesmo dentro das igrejas (ora, isso acontece a todo momento lá também) somos bombardeados com uma série de desencantamentos, que nos fazem acreditar que não somos dignos de investimento e de amor. Na faculdade, na família, no trabalho… Em cada canto posso dar um exemplo que comprove isso! Isso já me feriu tantas vezes! E que bom que posso contar isso a vocês!

Desafio da semana: Agora que descobrimos juntos que, ainda que ninguém acredite em nós, ou invista em nossos sonhos, Jesus é o nosso maior investidor. Ele não desistiu das nossas vidas, dos nossos sonhos e dos nossos dons, e é somente por Ele que devemos continuar! Ele me encorajou quando me disse que meu comprou porque acreditava em mim. Você consegue acreditar nEle?

Sobre Andressa Rosa

Se fosse definir uma menina cheia de sonhos, louca por Jesus e pelo poder que está no nome dEle... Se fosse definir a filha, a estudante de comunicação social, a atriz de alma e formação, que tem seu casamento planejado desde os 7 anos de idade... Se fosse definir o mundo dos "talvez" e das certezas, uma pequena biografia não seria o bastante. Então me chame de Dede. E vem conversar comigo!