Marta, Marta…

Postado por em jan 20, 2015 em Blog | Sem Comentários

Marta, Marta...

Da sala para a cozinha, da cozinha para o quintal…

Do quintal para a sala, para a cozinha e para os quartos!

Banheiro, quarto, sala, cozinha, quintal, sala, quarto, cozinha,

Tudo desesperadamente fora de controle estava.

– Maria, você pode me ajudar?

– Maria, os pratos!

– Maria, a roupa do varal!

– Maria, Jesus não pode esperar!

– MARIA!

E ela nem se dava ao trabalho de me responder.

Ficava ali, contando os dedinhos dos pés dEle, enquanto eu, a desprezada, tinha que servir sozinha!

Achava que seria uma boa ideia hospedá-Lo, e realmente seria… Se alguém me ajudasse.

Mas Ele não era injusto.

Certamente estava vendo a desobediência de Maria e logo a repreenderia.

A hora do jantar se aproximava, e Maria continuava ali.

Contando dedinhos dos pés. Para lá e para cá, para lá e para cá…

– Jesus! Não vês a injustiça acontecendo diante dos Teus olhos? Olhe bem para Maria e me diga: no que ela é boa para o serviço? Se nem o jantar me ajudou a preparar, que futuro tens? Diga a essa menina o que fazer!

Maria titubeou. Olhou para Jesus, esperando uma resposta, quando Ele disse:

– Continue aqui.

– Continue aqui? Continue aqui? Achas certo o que minha irmã me faz?

– Marta, Marta… Sempre preocupada! Não sabes descansar? Não tens tempo para Me ouvir?

Aquelas palavras latejaram em minha mente.

“Marta, Marta…”

– Venha, minha irmã! Ouça a Jesus! Suas histórias são tão bonitas… Iguais aos seus dedinhos dos pés!

Maria estava certa em todo momento.

Precioso tempo era aquele em que Jesus estava em minha casa, e eu preocupada com tantos detalhes.

Quando só um bastava.

Ele!


Segredo da semana: Quantas vezes fui Marta! Quantas vezes deixei a boa parte para fazer mil coisas, e no fim, vazia estava. Já se sentiu assim, meu leitor? Pensava que era desprezada por não ter o reconhecimento que era meu por direito, e nada recebia do alto! Sem me prostrar, apenas corria! Por todos os lados, de péssimo humor, apenas me desencorajava. Que bom que existe a Palavra para me curar.

Desafio da semana: Ouça a Jesus! Conte os dedinhos dos seus pés! Fique ali, prostrado e quieto, ouvindo Suas palavras! Não se permita perder um minuto que tem com Ele. A parte boa não é a de Marta. Seja Maria também!

Sobre Andressa Rosa

Se fosse definir uma menina cheia de sonhos, louca por Jesus e pelo poder que está no nome dEle... Se fosse definir a filha, a estudante de comunicação social, a atriz de alma e formação, que tem seu casamento planejado desde os 7 anos de idade... Se fosse definir o mundo dos "talvez" e das certezas, uma pequena biografia não seria o bastante. Então me chame de Dede. E vem conversar comigo!