Jesus urbano

Postado por em jul 27, 2016 em Blog | Sem Comentários

Jesus urbano

Despertamos na grande cidade mais uma vez.

Dormimos pouco, trabalhamos muito e esquecemos o remédio para dor de cabeça em casa.

Mas no meio do caminho, meu coração queima e no mesmo momento sei: é Ele!

Jesus é simples.

E é extremamente fácil encontrá-lo no meio de todas essas ruas.

Jesus está no meio dos carros pedindo tolerância no trânsito.

Está nos ônibus lotados segurando as mãos de quem não tem onde se apoiar.

Está no centro da cidade com a mãe que chora por ter que trabalhar e deixar o filho pequeno aos cuidados de alguém que mal conhece.

Também está na periferia com a garota que olha o futuro pela janela, pedindo ao céu: que seja melhor!

Ele está nos hospitais, do nascimento à despedida.

Espera ansioso a chegada da menina no aeroporto ao lado do namorado dela. E pasme, Ele também leva flores!

Ele está ao lado dos moradores de rua que conversam sobre o governo e sobre a caixa de suco de laranja que virou carrinho de criança.

O Jesus urbano é a ligação do filho pedindo ao pai que chegue mais cedo ao menos hoje. É seu aniversário de 7 anos.

Ele é a comemoração do trabalho que deu certo, o consolo que sempre chega nos momentos de fracasso e a motivação para tentar mais uma vez.

Jesus é o deitar no travesseiro depois de um dia exaustivo e cheio de poluição – visual, sonora, mental e aquela que fica dentro do coração.

Jesus está nas faculdades, nas escolas e nos cursinhos dizendo: vá em frente. Eu estou aqui!

E Ele sempre está!

Ele é tudo.

Na cidade, não existe lugar em que a presença de Jesus não esteja.

E todos os dias me lembro que Ele não me deixa tropeçar nem esquecer da fidelidade abundante que cerca meu caminho.

Viver na cidade grande é difícil em 90% do tempo. A gente não se lembra de respirar, de andar certo e de comer direito.

É um milagre viver bem no meio do caos, mas a gente consegue. Se enfrenta, permanece, vence os desafios.

E tudo porque Ele está lá, no urbano. Jesus não se ausenta e nem fica em cima do muro.

Não importa o quanto a gente corra, Ele sempre vai conosco e vai nos alcançar para dizer que não desistiu de nos amar.

De nos querer.

Agora preciso voltar ao trabalho.

E que bom! Ele está lá também!

Sobre Andressa Rosa

Se fosse definir uma menina cheia de sonhos, louca por Jesus e pelo poder que está no nome dEle... Se fosse definir a filha, a estudante de comunicação social, a atriz de alma e formação, que tem seu casamento planejado desde os 7 anos de idade... Se fosse definir o mundo dos "talvez" e das certezas, uma pequena biografia não seria o bastante. Então me chame de Dede. E vem conversar comigo!