É preciso confiar!

Postado por em nov 28, 2016 em Blog | Sem Comentários

É preciso confiar!

Não consigo explicar o que estou sentindo. Neste momento, estou com as mãos amarradas, sendo conduzido por guardas para um lugar aonde ninguém quer ir. Todas as pessoas estão olhando curiosas, hesitantes e até mesmo ansiosas para saber o que irá acontecer. Bem, nem eu sei o que irá acontecer. Só peço que Deus me ajude.

Os guardas pararam à minha frente. Há um grande buraco no chão, na verdade uma cova, mas isso não é o pior. Os guardas tiram as amarras das minhas mãos e me fazem descer para dentro da cova. Está abafado e úmido. Quando desço até o fundo da cova, olho para cima e só vejo um círculo de luz. Não dá para enxergar quase nada. De repente, uma grande pedra é colocada na entrada da cova, que fica totalmente escura.

Sei que não estou sozinho, pois sinto olhares famintos me observando, além de rosnados baixos. O que são? Leões. Estou em uma cova cheia de leões. O motivo na qual vim parar aqui? Simples. Estou na Babilônia, esta não é minha terra natal, sou de Jerusalém, mas vim pra cá como prisioneiro há alguns anos. Esta terra é pagã, mas mesmo assim não abandonei minha fé. O rei Dario, influenciado por alguns líderes que procuram motivos para me condenar, assinou um decreto proibindo, durante trinta dias, de fazer pedidos a qualquer deus ou a qualquer outro homem, sendo que essa lei não pode ser anulada. Mas, como antes, continuei orando três vezes ao dia em direção ao templo.

Alguém pode até dizer que eu devia parar de orar e obedecer à ordem do rei, afinal a pena pelo descumprimento dessa lei é a cova dos leões, mas eu não vou deixar de orar e interceder pelo meu povo. Sei as grandes coisas que o Senhor fez, e creio que muitas Ele ainda irá fazer. Sento no chão, cansado; dentro da cova o ar é sufocante e não há nenhuma luz. Fecho os meus olhos, falo com Deus e de repente sinto algo roçar minha perna. Pelos ásperos arranham minha pele. “Durma Daniel, os leões não vão lhe ferir, coloquei o meu Anjo para te proteger”, ouço a voz do Senhor. Posso sentir a respiração do leão ao meu lado. Mas não estou com medo, pois sei que Deus é poderoso para me salvar. Deito e deixo-me levar pelo sono.

Daniel abre os olhos, quanto tempo havia se passado? Uma forte luz entra pela abertura da cova, agora ele pode ver o leão deitado ao seu lado, quase do seu tamanho. “Daniel, servo do Deus vivo! Será que o seu Deus, a quem você serve com tanta dedicação, conseguiu salvá-lo dos leões?” O rei grita lá de cima. Daniel com um sorriso no rosto responde: “Que o rei viva para sempre! O meu Deus mandou seu Anjo, e este fechou a boca dos leões para que não me ferissem. Pois Deus sabe que não fiz nada contra Ele. E também não cometi nenhum crime contra o senhor.”

O rei, ao ouvir a voz de Daniel, se encheu de alegria e mandou que jogassem uma corda para tirá-lo de dentro da cova. Ao ver que nada de mau lhe havia acontecido, teve a certeza que o deus de Daniel era o Deus vivo, o único Deus. O rei mandou que trouxessem os homens que haviam acusado Daniel e jogou-lhes dentro da cova, estes, antes mesmo de chegarem ao fundo, foram atacados e mortos pelos leões. E a partir daquele dia, o rei Dario escreveu uma carta para todos os povos e nações ordenando que todas as pessoas de seu reino honrassem o Deus de Daniel.

No capítulo 6 dessa história, encontrada no livro Daniel, podemos perceber que Deus trabalha de uma maneira que nós não podemos compreender. Por isso, muitas vezes não entendemos as coisas que acontecem conosco e pensamos que Deus nos esqueceu. Mas precisamos lembrar-nos da história de Daniel, que foi fiel a Deus e, por isso, foi salvo por Ele.

Deus não nos livra das provas, das dificuldades e das covas, pois é através delas que crescemos e ficamos mais fortes, mas Ele passa junto conosco. Deus dá ordem aos seus anjos para nos proteger, para fechar a boca dos leões que aparecem em nosso caminho. Confie em Deus e descanse, pois Ele está no controle, e vai usar essa situação pra mostrar para todos que Ele é Deus!

Fiquem confiando e descansem nos braços do Senhor!

Sobre Maírton Ferreira

Maírton é uma pessoa alegre, que está sempre sorrindo e procurando ver o lado bom das coisas. Gosta de rir, conversar e estar perto das pessoas que ama. Adora estudar e aprender coisas novas. Não recusa um chimarrão, nem um bom livro. Gosta de desenhar, cantar e escrever nas horas vagas. Enfim, é uma pessoa simples que procura levar uma vida longa e feliz, até Jesus voltar.