Deus é suficiente?

Postado por em ago 21, 2014 em Blog | 3 Comentários

Deus é suficiente?

Ultimamente, surpreendentemente, tenho iniciadamente – brincadeira – tenho iniciado meus textos com o título já formado. Deus é suficiente? É uma pergunta, o que dificulta a escrita do texto. Mas, pior ainda, a volta que eu preciso dar pra explicar o porquê desse título é terrível. Vou tentar.

É difícil saber quando algo é suficiente. Diariamente, nos banquetes de almoço e janta, tendemos a comer, comer, comer, até dizer chega. E esse chega? Ele é o indicativo de suficiência? Não no meu caso. Eu como até doer e me arrepender. E aí, ferrou. Sempre foi assim. Gula e obesidade, infelizmente. No caso de um casamento. O amor é o suficiente? O que é suficiente para o relacionamento dar certo e ser eterno? Deus no casal é suficiente?

Quando falamos de uma divindade, assim como quando mencionamos Jesus Cristo, pensamos imediatamente na ideia de suficiência. Ele é suficiente para explicar a origem da vida? Eu sou suficientemente bom pra entender um Deus? Deus é suficientemente real pra eu poder acreditar nEle? São perguntas difíceis.

O que vivenciamos nesses dias é o que eu chamaria de insuficiência divina. Deus não é mais suficiente para nós. Deixamos de tê-lo como suficiente em nossas vidas e acabamos por adicionar uma tonelada de tralhas na nossa bagagem. A gente entende que aquele vazio não mais é satisfeito por Deus, e buscamos em outras opções a alternativa correta. Deus não é mais suficiente.

A Internet, um namoro, um carro, dinheiro no bolso, uma graduação, uma expectativa de carreira, ou um simples pensamento. Inserimos tudo em nossa cachola, na expectativa de satisfazer o insuficiente. Aquela sensação de prazer, paz, tranquilidade. E ela nunca chega. Tudo e mais um pouco ainda não são suficientes para preencher o insuficiente. Deus pode ser suficiente.

Quando por conta nos damos do caminho que trilhamos, percebemos facilmente como Deus pode ser e é suficiente. Ele é o único que pode mudar, encher, espantar o mal e ser a paz que precisamos. Deus é suficiente! E ele deve ser. Nada além dEle pode encher o vazio que está no coração do homem. Deixe de lado o insuficiente e passe a buscar o suficiente e único Salvador.

 

  • Jean Correa

    Deus é suficiente? Taí uma boa pergunta, mas acho que ela está incompleta. Suficiente para quê? Pra eu ser salvo? Com certeza é. Pra eu viver? Sim, ele é a fonte da minha vida. Pra eu ser feliz? Não sei. Até porque felicidade é algo tão amplo e vago… Não sei, acho que a pergunta está aberta demais pra eu conseguir respondê-la.

    • Didi Cechet

      E aí, Jean 😀

      Parece que vou ofender, mas não veja por esse lado. Haha.

      Assim como tu acha que a pergunta está aberta demais pra responder, eu tenho a certeza de que Deus É suficiente. “Uéé. De novo. Suficiente pra quê?”. Suficiente pra ser. “Ser ou não ser”. Simplesmente, ser. Nós somos em Deus. Se não fosse pela graça dEle, nós não seríamos.

      “Mas ele me disse: ‘Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza’. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim. Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco é que sou forte.” (2 Coríntios 12:9-10)

      Louvado seja Deus por isso. E que a graça de Jesus seja comigo, contigo e com todos!

      Tamo junto. Fica na paz dEle o/

    • leocechet

      Opa! E aí, Jean, blz? Cara, obrigado pelo comentário. Eu entendo que Deus é suficiente para nós. E isso basta. Vou tentar deixar mais claro.

      Vou dar um exemplo. Tu é Cristão e tem uma empresa. Essa empresa tem por objetivo vender produtos evangélicos. Do nada, tu perde essa empresa. Ela vai à falência e tudo vai por água abaixo. Ela era tua fonte de renda e talvez de felicidade. Nesse caso, Deus é suficiente? Sim! Por mais duro que isso seja, é possível crer e perceber que Deus é sim suficiente. Apesar de teu dinheiro, reputação, felicidade, tudo ter ido pro fundo do poço, Deus continua sendo suficiente. Ele é o que tem graça abundante pra dar, e Ele diz: minha graça te basta.

      Talvez seja uma questão de ponto de vista. Esse é o meu. Espero que eu aprenda a crer nEle nesses momentos difíceis.

      Abraço e continua comentando!