Dando um bom testemunho

Postado por em abr 8, 2015 em Blog | Sem Comentários

Dando um bom testemunho

E aí galera. Beleza ?

Então, essa semana vou falar um pouco sobre o que Deus vem me mostrando e dizendo onde eu devo melhorar para ser mais parecido com seu filho Jesus!

O assunto de hoje é: como eu posso dar um bom testemunho para as pessoas em qualquer lugar!

Bem, estava eu em casa e tive uma discussão com a minha mãe. Eu estava certo no meu ponto de vista, mas eu estava errado, e mesmo assim eu bati o pé e tive uma atitude explosiva, que quando eu me acalmei me arrependi muito dessa atitude e fiquei muito pensativo! No outro dia fui jogar bola e no meio do jogo tive a mesma atitude explosiva e acabei xingado o jogador do outro time. Novamente com a cabeça fria me arrependo de ter xingado o sujeito e me lembrei que quando alguma coisa acontece comigo que me tira do sério eu explodo. Com isso eu fiquei me perguntando como as pessoas me vem, não só quando eu estou jogando bola, mas como são minhas atitudes quando eu estou fora da igreja! Parei e comecei a perceber as minhas atitudes e acabei me decepcionando, pois elas deixavam muito a desejar.

Percebendo isso comecei a pensar em alguma forma de mudar as minhas atitudes quando estou fora da igreja. Fui, então, logo onde eu estava errando mais, meu lugar de trabalho.

Bom, eu trabalho em uma empresa onde tem 600 funcionários, e mais da metade desses funcionários são pessoas não cristãs. Então o que acontece: quase todo dia, quando eu estou trabalhando, alguma coisa acontece que me tira do sério, e minha reação é imediata, chuto o balde e xingo a primeira pessoa que eu vejo na frente. Logo vem na minha cabeça as lembranças da minha personalidade explosiva de quando eu estou jogando bola e percebo que eu não estou dando um bom testemunho para as pessoas que veem como eu estou agindo.

Como é difícil quando uma pessoa faz alguma coisa para nós ou fala alguma coisa sem a gente ter culpa alguma da situação, e a gente ter que manter a calma e amarmos essa pessoa da mesma forma como se ela estivesse nos ajudando. É praticamente impossível, pelo menos para mim. E é exatamente isso que Deus quer que a gente faça, ame as pessoas como Jesus nos amou e a cada dia tentar se parecer mais com Cristo.

Como a  bíblia diz “quem afirma estar com Cristo, anda como Ele”, e a partir desse pensamento eu consegui enxergar que eu não estava dando um bom testemunho da minha vida para as outras pessoas, porque minhas atitudes estavam totalmente contrarias às atitudes que um cristão deve ter quando é colocado em uma situação desagradável, e eu não estava conseguindo transmitir a imagem de Jesus para as outras pessoas.

Eu estava indo na igreja e sendo aquele cristão maduro, louvando a Deus, orando com as pessoas e amando aquelas pessoas, mas onde Deus queria que eu mais transmitisse a imagem de Jesus, eu estava fazendo totalmente o contrário, ao ponto de que quando eu falava para alguém que era seguidor de Jesus as pessoas ficavam surpresas e me cobravam por algumas atitudes. Isso me deixou muito triste.

Comecei a me corrigir e a mostrar para as pessoas que não tem Jesus no coração o amor que Ele sente por elas e o que Ele fez por elas na cruz e isso me trouxe uma satisfação enorme, porque eu sabia que Deus estava se alegrando comigo por eu estar agindo assim.

Com tudo isso cheguei à conclusão que eu não posso ser um cristão com duas caras, tenho que ser um cristão de personalidade formada, porque não adiantava nada eu ir na igreja e fazer tudo direitinho e bonitinho se quando eu saía pela porta, tudo aquilo que eu fiz lá dentro, ficou lá dentro. Deus não espera isso de nós, Ele quer que a gente se edifique na igreja e saia por esse mundo mostrando e ensinando sobre o evangelho para as pessoas que ainda não tiveram a oportunidade de conhecer a Jesus. Hoje, graças a Deus, consigo entender o que Ele espera de mim, e através de pequenos gestos, pequenas atitudes, poucas palavras, consigo transmitir o amor dEle e a imagem de Jesus para aqueles que precisam ser salvos.

Sobre Roger Eduardo dos Santos

Estudante do curso de Engenharia Mecânica, 19 anos, trabalha na empresa Todeschini. A um ano e meio teve a oportunidade de conhecer Jesus, desde então tenta seguir uma vida parecida com a que Ele teve, sempre focado nas coisas do reino de Deus. Espera através de seu testemunho poder apresentar Jesus para as outras pessoas!