A volta de Cristo

Postado por em ago 10, 2016 em Blog | Sem Comentários

A volta de Cristo

Tic-tac… tic-tac… o relógio está quase marcando 00h00m e a hora está se aproximando.

00h00m, a conclusão de um dia e o início de outro, mas outro dia em outro lugar. Metáforas à parte, a meia noite pode bem representar a hora que Jesus voltará para nos levar para o céu consigo.

Com os inúmeros acontecimentos que tomaram conta dos noticiários, atentados terroristas, guerras, manifestações anticristãs, cristãos sendo mortos em países de perseguição e o mais impactante: o esfriamento do amor, não consigo não pensar no fim dos tempos, pois além dessas provas que estamos vivenciando, está mais e mais difícil viver aqui nesta terra. Isso só comprova 2 Timóteo 3:1-5:

“Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder. Afaste-se desses também”. (NVI)

É evidente: Jesus está próximo. Isso me conforta, em algum sentido, pois sei que estarei eternamente nos braços do Pai no céu e poderei adorá-lo e amá-lo, terei uma nova identidade e não haverá mais dor, pecado, tristeza, nada, nada, nada! Não consigo imaginar quão maravilhoso isso será.

Mas o fato de Jesus estar voltando em breve me deixa perplexa também. Será que nós, como igreja, estamos prontos para a volta de Jesus? Será que estamos fazendo o possível para expandir o Evangelho pelos confins da terra? Será que estamos sendo cristãos verdadeiros ou somente “indo” para a Igreja? Somos seguidores de Cristo ou seguidores de uma “religião”? Será que estamos amando aos outros ou somente amando o nosso próprio umbigo? Será que estamos fazendo o que Deus quer que façamos? Mateus 22:42 diz “Portanto, vigiem, porque vocês não sabem em que dia virá o seu Senhor”. A própria Bíblia nos instrui a vigiarmos. Mas será que estamos mesmo vigiando?

Estas questões têm me rodeado bastante e tenho pensado muito no que estou fazendo aqui enquanto Jesus não vêm. Isso me soa como um alarme, uma chamada de emergência! Quero deixar uma reflexão aqui para todos nós cristãos: É preciso amar, é preciso perdoar, é preciso fazer esse curto período de tempo aqui na terra valer a pena, pois depois estaremos nos céus com Deus. Precisamos amar a Deus sobre todas as coisas e fazer nossa devoção para Ele aqui e agora. Esse período aqui é muito curto para ser vivido da maneira errada. Se não temos vivido para Cristo, para quem então?

Sobre Sofia Sebben

Apaixonada por Jesus, risonha, tímida, feliz, sonhadora, amo viajar e cantar.