A verdadeira recompensa

Postado por em fev 14, 2018 em Blog | Sem Comentários

A verdadeira recompensa

Olá Pessoas! Tudo na boa?

Mais uma vez juntos, e dessa vez nada de desabafo, nada de crise, mas sim, encorajamento. Tenho lido o livro de Mateus, onde estou tendo a oportunidade de compartilhar em meu discipulado o que Deus tem falado ao meu coração.

Sinceramente, quanto mais eu leio a Bíblia, mais percebo a obra magnífica que Deus tem feito ao longo do tempo e que ainda vem construindo em nossas vidas. Podemos ver logo no início do livro de Mateus aqueles inúmeros ensinamentos de Jesus, o tal Sermão do Monte. Já tinha lido o livro de Mateus algumas vezes, mas nunca tinha notado uma coisa que Jesus fala.

Por inúmeras vezes ouvimos falar sobre o trecho onde Jesus diz para sermos o sal da terra e a luz do mundo, e sim, devemos ser isso mesmo, o texto por si só já diz muita coisa, só que o fato que eu nunca tinha levado em consideração é que este trecho de Mateus 5:13-16 está logo após as bem-aventuranças, onde Jesus ensinas diversas lições e coisas práticas para que de fato possamos ser felizes.

Parece que o fato de ser sal da terra e luz do mundo está totalmente ligado com a ideia de ser bem-aventurado. Jesus ensina que ser bem-aventurado não é simplesmente estar sorridente, ou fazendo brincadeiras ou algo do tipo, Ele ensina que é muito mais, que a recompensa é muito maior que um mero sorriso. Bem-aventurados são aqueles que por causa de Jesus são perseguidos, aqueles que tem o coração puro, os mansos, aqueles tem sede de justiça.

Jesus não está dizendo que ser perseguido é algo bacana, mas que se por causa dEle as pessoas ao nosso redor nos perseguirem, nos humilharem, nos menosprezarem, seremos completamente recompensados por isso. Sermos reconhecidos como pessoas semelhantes a Cristo, pessoas que refletem a plenitude de Cristo e todo o seu amor é algo infinitamente recompensador.

Fomos criados a imagem e semelhança deste Deus eterno, infinito, para dar glória ao Senhor de toda a criação. Se atingimos o objetivo para o qual fomos criados, somos plenamente satisfeitos e a partir disto, somos de fato sal e luz.

Mais adiante em Mateus 5:46-48, Jesus diz que amar somente os que nos amam de volta não traz recompensa alguma, isso é perder o gosto. Porém no verso 48, Ele volta a nos encorajar a sermos como Ele, pois esta é a verdadeira recompensa.

“Se vocês amarem aqueles que os amam, que recompensa receberão? Até os publicanos fazem isso!
E se vocês saudarem apenas os seus irmãos, o que estarão fazendo de mais? Até os pagãos fazem isso!
Portanto, sejam perfeitos como perfeito é o Pai celestial de vocês”.” – Mateus 5:46-48 (NVI)

Sejamos gratos ao amor que Jesus derramou por nós, pois Ele nos amou primeiro, Ele deu a vida em nosso favor, sem isso nada faria sentido!

Abraço de Urso!

Sobre Ariel Zimermann

Uma criança crescida, que acha motivo pra rir, até quando é pra chorar. Conheci a Cristo com meus 15 anos, sou Gaúcho, Estudante de Engenharia Elétrica, que encontra na música uma forma de mostrar a grandeza de um Deus infinito. Aquele que senta na rua e fica olhando as estrelas por horas, conversando com Deus, tomando café no meio da rua. Sou direto, até demais, pois sinto que as pessoas devem ouvir o que elas precisam ouvir, e não o que elas querem ouvir.